A construção do acesso do futuro complexo intermodal de Guaramirim terá participação do governo do Estado. Nesta a semana, a prefeitura da cidade do Vale do Itapocu enviou à Câmara os pedidos de autorização do convênio com o Estado – serão R$ 51,2 milhões para a pavimentação e R$ 4,5 milhões. O município pretende lançar as licitações após a aprovação pelos vereadores. O acesso tem 6,6 km de extensão.

Continua depois da publicidade

> Joinville quer repasse para nova rodovia com Guaramirim

​> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Além da fazer a conexão interna na área prevista para o complexo, o acesso pretendido faz também uma nova ligação com a BR-101, na zona Sul de Joinville. Como o espaço não terá uso residencial, o novo traçado é considerado fundamental para o deslocamento de trabalhadores, além do ganho em mobilidade para a movimentação de cargas. Será preciso também pavimentar o trecho de 2,2 km em área do município de Joinville (a solicitação de recursos feito pela prefeitura está em análise).

A área liberada para o futuro complexo tem 45 milhões de m2, nas proximidades das BRs 101 e 280, além da SC-108 (Rodovia do Arroz). A lei aprovada no ano passado define zonas industriais, aeroportuárias de cargas, aeródromo privado, entre outras. A prefeitura de Guaramirim aponta a complexo como o maior da modalidade previsto para Santa Catarina.

Continua depois da publicidade

> PEC dos gastos em educação passa a valer e Joinville tem desafio de R$ 160 mi

> Prefeitura de Joinville veta projeto de novas regras para feiras itinerantes

> Mesmo com resultado positivo em março, Joinville cai em ranking do emprego

> Eleitorado de Joinville na faixa até 17 anos triplica em um ano

> Cinco meses após acidente, interdição em Joinville segue sem prazo para liberação

Destaques do NSC Total