Uma das possibilidades em estudo para a duplicação da rua Dona Francisca no Distrito Industrial de Joinville, ainda a ser licitada, é por meio de convênio, com o Estado repassando os recursos para a prefeitura fazer a contratação. A obra foi anunciada pelo governador Jorginho Mello na visita a Joinville em agosto. A duplicação foi o principal pedido do prefeito Adriano Silva e de entidades empresariais a Jorginho.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Por enquanto, a possibilidade de convênio é desconhecida na prefeitura de Joinville. O projeto foi contratado pelo governo do Estado em 2021 e concluído no ano passado. No final de 2022, ainda no governo Moisés, chegou a ser feito anúncio de lançamento do edital de licitação – o que acabou não se confirmando. Agora, a possibilidade é de abertura da concorrência neste ano.

O segmento a ser ampliado fica entre a rótula da Schulz e da Whirpool, em local onde está sendo construído um elevado (a ser entregue em novembro, pelo governo do Estado), e ao acesso à BR-101, ao Norte, com binário entre as ruas Edmundo Doubrawa e dos Franceses. O trecho cruza pelo condomínio industrial Perini. Um outro trecho da Dona Francisca, entre a Döhler e a Schulz, está em fase de projeto, com previsão de elevado na rótula do Tecelão.

Outra rescisão contratual da Águas de Joinville foi de R$ 18 milhões

Continua depois da publicidade

Por onde começam obras em empreendimento no Norte de SC

Por segurança, cemitérios municipais de Joinville terão portões

Como é a proposta para “novo” acesso em Joinville, ainda sem previsão de obras

Águas de Joinville rescinde contrato milionário de obras de esgoto

Na terceira tentativa, licitação para obra de R$ 91 milhões em Joinville tem vencedor

Fotos: Como os guarás podem ser “diferencial” em ecoturismo e educação ambiental em SC

Destaques do NSC Total