nsc
nsc

REUNIÃO NO SENADO

Ministro aponta quais trechos serão liberados na duplicação da BR-280

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
18/08/2021 - 10h37 - Atualizada em: 18/08/2021 - 10h42
Uma das frentes de trabalho no lote 1 é na construção do contorno de São Franci
Uma das frentes de trabalho no lote 1 é na construção do contorno de São Franci (Foto: Divulgação)

O Ministério da Infraestrutura pretende liberar até março de 2022 o primeiro trecho duplicado da BR-280 no lote entre São Francisco do Sul e Araquari. Conforme apresentação feita pelo ministro Tarcísio de Freitas na reunião de terça-feira no Senado, a entrega será de 2,5 km em Araquari, no entorno do Instituto Federal Catarinense (IFC) Também até março, será concluído o viaduto no local. O ministro também informou que 10 km serão liberados até o final do ano em outros lotes da duplicação, perto do acesso à Rodovia do Arroz (SC-108). Serão 6 km no lote 2.1 e 4 km no lote 2.2, em trecho contínuo.

> Acordo garante R$ 50 milhões para BR-280; ministro cita desafio das desapropriações

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O ministro abordou a duplicação da BR-280 em discussão sobre o repasse do governo do Estado. O acordo foi encaminhado e o convênio deve ser assinado ainda em agosto. A fatia da BR-280 será de R$ 50 milhões, a ser aplicados no lote 1. O repasse estadual deverá ser utilizado principalmente em desapropriações. Conforme o Ministério da Infraestrutura, serão necessários R$ 183 milhões para a compra de áreas no lote. Para conclusão total dos 36 km, o montante chega a R$ 340 milhões, sem incluir a solução a ser aplicada no canal do Linguado (ponte ou alargamento do aterro).

A primeira previsão sobre o viaduto em Araquari era de conclusão ainda no ano passado, mas a escassez de recursos deixou as obras em ritmo lento. As obras no lote começaram em 2018. Além do viaduto, há uma frente de trabalho no contorno de São Francisco do Sul, em trecho onde a BR-280 terá novo traçado. Para 2021, a maior parte dos R$ 10,3 milhões reservados para o lote 1 já foi utilizada.

> Repasse para convênio de obra em Joinville enfrenta pendência

> Joinville lança edital para projeto de mais uma duplicação, com elevado

> Ainda sem gastos neste ano, Joinville prevê R$ 16 milhões para desapropriações em 2022

> Novo modelo de pedágio do PR será diretriz para futuras concessões, inclusive em Joinville

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas