nsc
nsc

BALANÇO INICIAL

Joinville insiste em repasse do Estado a hospital; índice de gasto com saúde é apontado como limite

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
07/03/2021 - 10h28
Prefeitura de Joinville insiste em ajuda do Estado para custear despesa do Hospital São José
Prefeitura de Joinville insiste em ajuda do Estado para custear despesa do Hospital São José (Foto: Divulgação)

Adriano Silva tem mantido a tradição dos prefeitos de Joinville de apontar o gasto do município em saúde para pedir colaboração ao governo do Estado. Em apresentação na Acij ações iniciais de seu mandato, no início da semana, o prefeito citou a utilização de 39% da receita tributária de Joinville com saúde no ano passado. O índice é referente a quanto foi gasto dos impostos recebidos pela prefeitura com o setor (o mínimo a ser investido em saúde é de 15%).

> Joinville terá mudança inédita no atendimento dos postos de saúde

> Todas as regiões de SC têm risco gravíssimo para coronavírus pela 2ª semana seguida

> Em resposta à Defensoria, prefeitura de Joinville não indica preparar novas restrições

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

O prefeito considerou a situação como “fantástica” e “motivo de orgulho para os joinvilenses”, mas alegou que não há mais como ampliar esse índice. “Vamos ter que trabalhar com mais eficiência”, disse ele, defendendo novas práticas de gestão e mais atenção à rede básica. Mais uma vez, o prefeito repetiu a cobrança ao governo do Estado para colaborar no pagamento das despesas do Hospital Municipal São José, com custo equivalente à arrecadação do IPTU.

> Internações em Joinville por causa da Covid-19 continuam aumentando

> Alunos e profissionais de escola de Joinville testam positivo para Covid-19

O pedido, já formalizado ao governador Carlos Moisés e feito também por Udo Döhler, é de repasse de montante equivalente a 30% da folha de pessoal. O índice foi calculado com base no percentual de pessoas de outras cidades atendidas no hospital de Joinville, segundo a prefeitura. 

O pedido ainda está sendo analisado pelo Estado. Mas como o governo estadual já mantém três hospitais na cidade, dificilmente fará o repasse. O governo Adriano Silva tem a pretensão de passar a gestão do São José para uma organização social, uma iniciativa de complexa execução para um hospital público já consolidado. Dessa forma, o índice elevado de gasto com saúde vai se manter.

> SC confirma dois primeiros casos da nova variante da Covid transmitidos dentro do Estado

> "Foi emocionante", conta enfermeiro de Joinville que vacinou avó contra o coronavírus

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas