Os dados mais precisos sobre a migração para Joinville serão apresentados nos próximos meses, quando for iniciada a publicação dos resultados mais detalhados do Censo 2022. No entanto, a prévia da população divulgada no final do ano passado permite uma estimativa sobre a vinda de pessoas de outras cidades para Joinville nos últimos anos. O exercício é feito por meio de comparação das informações sobre natalidade e mortalidade em Joinville com o número do Censo. A prefeitura tem apontado, por meio da demanda de matrículas na rede de ensino, o crescimento de migração.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Nos últimos 12 anos, nasceram quase 98 mil pessoas em Joinville. São estatísticas da Secretaria de Estado da Saúde entre agosto de 2010 (mês de referência do Censo 2010) e dezembro de 2022 (a prévia divulgada levou em conta a coleta até o último mês do ano passado). O número é de nascidos vivos em partos de residentes em Joinville.

No mesmo período de mais uma década, morreram 38 mil pessoas.  Portanto, o crescimento da população, levando em conta os nascimentos e as mortes, foi de 60 mil pessoas. No entanto, Joinville ganhou 103 mil habitantes desde 2010, conforme os censos. Dessa forma, a migração seria de 43 mil pessoas nesse período de 12 anos, em uma estimativa. Claro que há pessoas que se mudaram de Joinville nesse período, em número menor: o quantitativo seria um saldo da migração. Uma média de 3,6 mil pessoas por ano.

Empresário de Joinville é confirmado para a presidência do Badesc

Continua depois da publicidade

Rua em Joinville tem novo reparo e recebe placas

Imóveis do Estado sem uso serão mapeados em Joinville

Lei do subsídio aos ônibus vai mudar em Joinville

Maioria das nomeações do governo do Estado em Joinville foi realizada

Vice-governadora defende nova ponte no Litoral Norte

Destaques do NSC Total