nsc
dc

Violência doméstica

Após ameaças do marido, mulher finge pedir pizza e liga para PM

Caso aconteceu na cidade de Andradina, no interior de São Paulo

29/05/2021 - 15h11

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
violencia contra mulher ag br_1
PM achou que era engano, mas logo entendeu o pedido de socorro
(Foto: )

Uma mulher, de 54 anos, moradora de Andradina, a 630 km de São Paulo, ligou para a Polícia Militar na noite de quinta-feira, dia 27, e pediu uma pizza. O policia que atendeu ao chamado no Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), em Araçatuba (SP), pensou, inicialmente, que se tratava de um engano.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Ao longo da conversa, no entanto, o soldado Cássio Júnior dos Santos entendeu que era um pedido de socorro e pediu o deslocamento de uma equipe para averiguar o possível caso de violência doméstica.

> Chacina na creche em Saudades acelera criação do Cyber Gaeco no MPSC

Segundo o boletim de ocorrência, ao qual a reportagem do UOL teve acesso, a vítima disse sofrer agressões físicas e psicológicas do marido. O homem, de 57 anos, fugiu ao ouvir a chegada da polícia e está foragido. De acordo com ela, o marido passou mais de 20 anos preso e, desde que retornou para casa, fazia ameaças verbais. A vítima também diz ter sofrido ameaças de morte.

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

*Por Henrique Santiago

Leia também:

> SC terá "novo" decreto de combate à pandemia para junho; entenda

> Acidente entre caminhões deixa dois mortos na BR-101 em Palhoça

> Nevascas em Santa Catarina: veja fotos e saiba quando elas ocorreram

Colunistas