nsc
dc

Polícia

Bebê de um ano morre ao ser sufocada com travesseiro pelo pai em Siderópolis

Homem foi preso na UPA ao buscar atendimento para a criança

07/06/2021 - 11h16 - Atualizada em: 07/06/2021 - 12h58

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Homem de 24 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar
Homem de 24 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar
(Foto: )

Um homem de 24 anos foi preso em flagrante na manhã desta segunda-feira (7) em Siderópolis, no Sul catarinense, por suspeita de matar a própria filha. Segundo a polícia, a criança de um ano e dois meses teria sido morta sufocada por um travesseiro. 

> Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

> Bebê sufocado pelo pai em Siderópolis acende debate sobre revisão do Código Penal

A prisão aconteceu na Unidade de Pronto Atendimento do município. Ainda de acordo com a PM, o homem chegou a criança na unidade dizendo que ela tinha sido vítima de um mal súbito.

Os médicos suspeitaram do caso e a mãe da criança teria revelado que o homem sufocou o bebê com um travesseiro. A polícia foi chamada e encaminhou o homem para a Central de Plantão Policial de Criciúma.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a retirada do corpo da criança. 

Leia mais: 

Advogada é atacada após condenar estupro motivado por homofobia em Florianópolis

Estupro e tortura de homossexual em Florianópolis são investigados pela polícia

Morte de ciclistas na BR-101 é tragédia anunciada

Os mistérios e as perguntas sem respostas que envolvem a morte de Vanisse Venturi em SC

Colunistas