nsc
dc

Saudades

Bebê ferido em ataque a creche em SC é recebido com festa em casa: "Nasceu de novo"

Menino de um ano e oito meses foi o único ferido a sobreviver ao ataque que ocorreu na última terça-feira (4)

11/05/2021 - 05h00 - Atualizada em: 11/05/2021 - 17h22

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Família se reuniu em casa, em Saudades (SC), neste domingo (9)
Família se reuniu em casa, em Saudades, neste domingo (9)
(Foto: )

O bebê de um ano e oito meses que sobreviveu ao ataque a creche em Saudades, no Oeste de Santa Catarina, foi recepcionado com festa em casa no fim da tarde de domingo (9). Amigos, vizinhos e familiares fizeram uma homenagem à família após o pequeno Henryque receber alta do hospital.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Henryque é a único atingido que sobreviveu ao atentado que acabou com a morte de cinco pessoas, sendo três delas crianças com menos de dois anos. Um jovem de 18 anos invadiu a creche e atacou as pessoas com um facão.

> Autor de ataque em creche de SC presta depoimento à polícia e segue internado

Depois de ficar internada entre terça-feira (4) e domingo, a criança foi recebida com aplausos e música em casa:

- Estamos muito felizes. Queremos agradecer primeiramente a Deus por termos o Henryque de volta. Melhor dia das mães. Henryque nasceu de novo - disse a mãe, Adriana Martins.

Segundo o pai, Diego Hubler, a primeira noite do menino em casa após deixar o hospital foi tranquila:

- Ele dormiu bem, acordou algumas vezes, mas é normal, por causa dos ferimentos.

Após sofrer ferimentos na bochecha, lábios, barriga e uma perfuração em um dos pulmões, Henryque passou por cirurgia e chegou a ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Profissionais de saúde do Hospital da Criança Augusta Muller Bohner, em Chapecó, fizeram uma homenagem ao menino na saída dele, ao som do coral Mensageiros da Alegria. O bebê ainda recebeu um certificado com os dizeres: “Você é um super-herói”.

> Creche alvo de ataque com 5 mortes em SC vai ganhar pintura e limpeza com ajuda de moradores

Como foi o ataque

O jovem de 18 anos invadiu a escola Infantil Pró-Infância Aquarela na manhã do dia 4 de maio. Armado com uma espada e um outro facão, ele atacou uma professora na entrada da escola e uma agente educacional. Depois, seguiu para uma sala e feriu quatro crianças. Três delas morreram.

Os corpos das cinco vítimas foram enterrados na quarta-feira no Cemitério Municipal de Saudades.

Segundo a polícia, o autor do atentado também desferiu golpes contra si próprio e foi encaminhado em estado gravíssimo a um hospital em Pinhalzinho, cidade vizinha a Saudades e depois foi transferido para o Hospital Regional de Chapecó.

*Com informações da NSC TV

Leia também

Crianças mortas em ataque a creche em SC tinham pouco mais de um ano de idade

Quem era a professora morta em ataque a creche no Oeste de SC

Cenas de horror e gritos por socorro: professora relata desespero durante ataque a creche em SC

Investigação do ataque a creche em SC apura se assassino planejou crime pela internet

Colunistas