nsc
dc

Jogos Olímpicos

Brasil perde de virada e fica fora da final no vôlei masculino em Tóquio

Derrota para o Comitê Olímpico Russo barra sonho do segundo ouro consecutivo

05/08/2021 - 03h19

Compartilhe

Guto
Por Guto Marchiori
Leal tenta passar pelo bloqueio russo
Leal tenta passar pelo bloqueio russo
(Foto: )

O sonho da quinta final olímpica consecutiva chegou ao fim para o vôlei masculino nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Na madrugada desta quinta-feira, a seleção brasileira foi derrotada por 3 sets a 1 (parciais 18/25, 25/21, 26/24 e 25/23) pelo Comitê Olímpico Russo) e vai para a disputa da medalha de bronze contra França ou Argentina.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Desde Athenas 2004, quando conquistou a medalha de ouro, a seleção brasileira tem chegado pelo menos na final dos Jogos Olímpicos. Em Pequim 2008 e Londres 2012, o time brasileiro ficou com a prata, enquanto que na Rio 2016 foi campeão.

O desempenho no primeiro set deu esperança ao Brasil. Em uma parcial tranquila, a equipe de Renan Dal Zotto abriu vantagem, controlou e fechou por 25/18 no erro de saque dos russos.

A partir do segundo set a situação mudou. Defendendo melhor, os russos tomaram a frente do placar e ditaram o ritmo, até controlar as investidas para Mikhaylov fazer 25/21.

No terceiro set, o Brasil esteve em vantagem na maior parte do tempo. A Seleção chegou a ter oito pontos a mais, mas numa reação incrível os russos fecharam a parcial por 26/24.

Sentindo a pressão por ter que vencer o quarto set e forçar o tie-break, o Brasil arriscou. O time equilibrou o duelo, mas na parte decisiva os russos novamente levaram a melhor fechando por 25/23.

> Confira o quadro de medalhas dos Jogos de Tóquio

Leia também:

> Como acompanhar as Olimpíadas na NSC

> Veja os catarinenses que já conquistaram medalhas olímpicas

> Relembre as aberturas mais marcantes das Olimpíadas

Colunistas