publicidade

Polícia
Navegue por

Justiça

Casal é condenado a 30 anos de prisão pela morte do advogado joinvilense Maurício Rosskamp

Sentença foi proferida pelo juiz Luiz Fernando Pereira de Oliveira no domingo (14)

15/04/2019 - 18h25 - Atualizada em: 15/04/2019 - 19h46

Compartilhe

Luan
Por Luan Martendal
Maurício Rosskamp, morto em dezembro em Joinville
Maurício Rosskamp, morto em dezembro em Joinville
(Foto: )

Os réus Adriele Cristina Bordignon e Jean Carlos Cardoso foram condenados pela Justiça de Santa Catarina por participação na morte do advogado joinvilense Maurício Rosskamp, ocorrida em dezembro de 2018. Cada um deles foi condenado a pena de 30 anos de reclusão em regime inicialmente fechado. A condenação foi sentenciada pelo Juiz substituto da 1ª Vara Criminal da Comarca de Joinville, Luiz Fernando Pereira de Oliveira, em documento assinado eletronicamente no domingo, 14 de abril.

O julgamento dos réus ocorreu de forma célere, cerca de quatro meses depois do crime, executado em 20 de dezembro do ano passado. Na ocasião, o advogado — que era consultor jurídico de carreira na Câmara de Vereadores de Joinville — passou de carro na rua Ministro Calógeras, na região central de Joinville, quando foi abordado por Adriele, 20 anos. Ela serviu de isca para a execução de um roubo que teve participação de outras três pessoas, entre elas, o namorado dela, Jean Carlos Cardoso (26).

Na sequência, segundo a polícia, Adriele e Jean, além do irmão de Jean, Lucas Henrique Cardoso (20), e da namorada dele, Gabrieli Gomes (19), entraram no veículo e seguiram com a vítima até às margens da rua Rio Velho, no bairro Paranaguamirim, onde Maurício foi morto a golpes de pedradas.

Após o crime, o grupo roubou R$ 504 em dinheiro, a aliança de casamento e o aparelho celular do advogado. O carro de Rosskamp foi levado do local da morte para outro ponto da cidade, sendo depois localizado incendiado no fim da rua Jacupiranga, no bairro Aventureiro. O veículo estava a cerca de 17 quilômetros de distância do local onde o corpo do advogado foi encontrado.

Adriele foi presa dois dias depois do crime e Jean foi encontrado no início de janeiro. Já Lucas Henrique e Gabrieli Gomes continuam foragidos da Justiça.

Relembre o caso:

Audiência de instrução e julgamento sobre morte do advogado Maurício Rosskamp será neste mês, em Joinville

O que já se sabe sobre a morte do advogado da Câmara de Vereadores de Joinville

Ex-deputado Raulino Rosskamp fala sobre a morte do filho em Joinville

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação