nsc
    dc

    Pandemia

    Casas noturnas da Praia do Rosa são interditadas após flagrantes de aglomerações

    Segundo município, cinco estabelecimentos foram fechados “até segunda ordem” por descumprirem regras sanitárias contra o coronavírus

    29/12/2020 - 08h51

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Casas noturnas interditadas na Praia do Rosa
    Agentes da Vigilância Sanitária fecharam casas noturnas nesta segunda (28)
    (Foto: )

    Cinco casas noturnas da Praia do Rosa e de Ibiraquera, em Imbituba, no Litoral Sul catarinense, foram interditadas nesta segunda-feira (28) pela Vigilância Sanitária da prefeitura após registrarem aglomerações no último fim de semana. Conforme o município, as interdições integram ações de combate ao coronavírus.

    > Opinião: Quem vai pagar pelas baladas da insanidade em Santa Catarina?

    Ainda segundo a prefeitura, os estabelecimentos foram interditados “até segunda ordem”. Os fiscais notificaram e fecharam as casas noturnas com o apoio da Polícia Militar.

    Os flagrantes de desrespeito às medidas sanitárias previstas nos decretos dos governos estadual e municipal foram feitos por agentes da prefeitura durante o último fim de semana.

    Descaracterizados, eles fotografaram e filmaram os ambientes. Todos os estabelecimentos interditados estavam com superlotação, sem o distanciamento necessário entre as mesas ou qualquer controle de acesso do público, informou a prefeitura.

    A Prefeitura de Imbituba também informou que a opção por interditar os ambientes nesta segunda ocorreu porque realizar fechamento durante o fim de semana “poderia causar tumulto e dificuldades, inclusive, para a própria polícia”, por conta das aglomerações.

    > Vacina da Covid-19 em SC: cidades menores dependem de plano nacional e veem dificuldades na compra

    — Em conversa com a Polícia Militar de Santa Catarina (...), no sentido de evitar o confronto, decidimos, naquele momento, com o grande número de pessoas nas ruas, para evitar tumultos, para evitar correrias, não tomarmos medidas naquele momento, simplesmente registar as infrações, e agora punir quem está realmente infringindo as normas e trazendo risco a todos — declarou o prefeito Rosenvaldo da Silva Júnior (PSB).

    Entre a noite de sábado (26) e a madrugada de domingo (27), outros dois estabelecimentos que descumpriram as medidas contra Covid-19 já tinham sido interditados pela prefeitura, na Praia da Vila.

    Segundo a administração municipal, as fiscalizações, com possíveis autuações e interdições, seguem durante as festas de fim de ano e toda a temporada de verão.

    > Neymar gera polêmica por suposta organização de festa de Ano Novo

    — Desde o início da pandemia, nossas equipes estão trabalhando para orientar as pessoas e os donos de estabelecimentos. Infelizmente, nem todos compreendem que precisamos trabalhar juntos, já que esse é um problema de todos. Por isso, esta semana, foram necessárias medidas mais firmes. Nós precisamos nos preocupar com a economia, mas, também, com a vida das pessoas — destacou a secretária municipal de Saúde de Imbituba, Graciela Wiemes Ribeiro.

    No último fim de semana, moradores e comerciantes locais relataram um grande número de pessoas, a maioria jovens, reunidos à noite na região do chamado Centrinho. Fotos e vídeos mostram que não há uso de máscaras nem respeito ao distanciamento social, medidas essenciais contra o contágio do novo coronavírus.

    Esta não foi a primeira vez que a Praia do Rosa registra cenas de aglomeração durante a pandemia do novo coronavírus. Nos últimos feriados prolongados, o local também foi palco de superlotação na orla, festas e desrespeito a medidas como distanciamento e uso de máscara, essencialmente pelo público jovem.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas