nsc
dc

Atenção!

Caso Henry: Leniel Borel, pai de Henry, denuncia perfil fake que pede doações

Conta do Instagram já tem mais de 20 mil seguidores, vende fotos da criança e até promove lives sobre o tema violência doméstica

26/06/2021 - 20h05

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Henry-Leniel-Borel
Registro de Henry e o pai juntos
(Foto: )

Leniel Borel de Almeida, o pai de Henry Borel, foi às redes sociais denunciar uma conta falsa que usa o nome dele para receber doações e vender fotos do menino. A criança de 4 anos morreu em março no apartamento onde morava com a mãe, Monique Medeiros, e o padrasto, o vereador Dr. Jairinho. A mãe de Henry e o padrasto estão sendo acusados pelo crime e a criança virou um símbolo de luta contra a violência doméstica.

> Receba as principais notícias do NSC Total no WhatsApp

“Lamentavelmente há um perfil fake cometendo condutas desrespeitosas e criminosas. Sem nenhum envolvimento da minha parte, esse perfil está anunciando a venda de quadros com a imagem do Henry, além de pedir doações. Por favor, não contribuam!!! Peço ajuda de todos para denunciar”, escreveu Leniel aos seus 490 mil seguidores.

O perfil denunciado pelo pai do garoto é fechado, mas já reúne 20,6 mil seguidores. Na descrição, a página é atribuída ao “papai do Henry Borel”. Após Leniel começar a desmentir a conta, o falsificador apenas adicionou o termo “perfil de apoio”, mas continua postando fotos do menino e pedindo ajuda para produzir 1.500 quadros da criança.

Leia mais em Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também:

> Jairinho foi a festa de irmã após morte de Henry e "clima era pesado", diz ex

> Babá de Henry admite que mentiu e confirma agressões de Dr. Jairinho em novo depoimento

Colunistas