nsc
hora_de_sc

Temporais

Chuva em Canelinha causa deslizamentos, deixa desabrigados e motiva suspensão de aulas

Vacinação contra Covid ocorre apenas na Unidade Básica de Saúde do Centro da cidade

09/06/2021 - 07h41 - Atualizada em: 09/06/2021 - 08h50

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Residências e ruas estão alagadas em Canelinha
Residências e ruas estão alagadas em Canelinha
(Foto: )

Canelinha é a cidade da Grande Florianópolis mais atingida pelas fortes chuvas no Litoral catarinense desde a madrugada desta quarta-feira (9). Ao todo, 17 pessoas foram resgatadas depois de ficarem ilhadas devido aos alagamentos. Deslizamentos e quedas de postes foram registrados na cidade. Não há feridos.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Equipes da Defesa Civil e das secretarias de Obras, Assitência Social e Saúde estão atuando no município e realizam a remoção de pessoas e pertences dos locais isolados. Os desabrigados estão sendo encaminhados ao abrigo montado pela prefeitura. Outras pessoas ilhadas foram resgatadas e levadas a casas de amigos e parentes.

Por dificuldade de acesso a muitas localidades, a prefeitura de Canelinha suspendeu as aulas nas escolas e creches municipais. 

Desde às 22h de terça-feira (8) a prefeitura trabalha nas ruas para atender as ocorrências causadas pela chuva. O prefeito da cidade, Diogo Francisco Alves Maciel (PSL), contou que a partir da 00h foi preciso contar com a ajuda dos Bombeiros de Tijucas para resgatar pessoas acamadas e com deficiências.

Segundo a prefeitura, em apenas 12 horas choveu 169 milímetros no município de Canelinha, o esperado para todo o mês de junho. 

Na SC-410, no sentido Canelinha-São João Batista, postes caíram e causaram problemas com a fiação. Segundo a Celesc, das 4,5 mil unidades consumidoras, 2,4 mil estão sem luz. 

> Forte chuva no Vale do Itajaí alaga casas, inunda ruas e causa transtornos

> Veja quais cidades têm a gasolina mais cara do Estado

Em entrevista à NSC TV na manhã desta quarta-feira (9) o prefeito do município informou que o abastecimento de água foi cessado na cidade porque as adutoras estão localizadas nos bairros mais afetados. 

As consequências das chuvas atingiu não apenas Canelinha, mas também outras cidades da Grande Florianópolis e do Vale do Itajaí, como Brusque, São João Batista, Biguaçu e Tijucas.

Bairros de Canelinha ficaram ilhados após a chuva
Bairros de Canelinha ficaram ilhados após a chuva
(Foto: )

Vacinação contra Covid

O chefe do Executivo disse que Canelinha não teve prejuízos em relação as vacinas contra a Covid-19, que estão armazenadas na temperatura adequada com a ajuda de geradores.

Canelinha segue vacinando nesta quarta-feira (9) pessoas com 58 e 59 anos, caminhoneiros, professores e pessoas com comorbidades. A vacinação, que normalmente ocorre em todos os bairros da cidade, se concentra apenas na Unidade Básica de Saúde do Centro com horário adaptado das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Leia também

Farmácia tem itens apreendidos por venda sem receita em SC

Edital de estudo de nova rodovia será lançado semana que vem

Cresce o número de PMs afastados por Covid-19

Colunistas