As chuvas que atingem Santa Catarina durante a semana e persistem neste domingo (24) provocam alagamentos em vários pontos de Florianópolis. A prefeitura decretou situação de emergência e trabalha para atender os desalojados e desobstruir ruas alagadas. 

Continua depois da publicidade

> Mãe e filha morrem em deslizamento sobre casa em Florianópolis

Foram registradas cerca de 30 ocorrências entre deslizamentos e alagamentos de ruas, de acordo com a prefeitura. O caso mais grave resultou na morte de duas pessoas por soterramento. Pelo menos 20 moradores da Capital estão desalojados. 

O deslizamento com vítimas aconteceu no bairro Saco Grande no início da tarde. Mãe e filha foram soterradas após a residência onde estavam ser atingida pela queda de um muro. A informação foi confirmada pelo prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), que lamentou o ocorrido nas redes sociais. Os bombeiros se deslocaram ao local do deslizamento para fazer a retirada dos corpos. 

> ​> Vídeo: muro desaba sobre casa em Florianópolis

Continua depois da publicidade

Deslizamento de terra no Saco Grande provocou a morte de mãe e filha
Deslizamento de terra no Saco Grande provocou a morte de mãe e filha (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Após uma reunião com a Defesa Civil, o prefeito Gean Loureiro (DEM) fez um apelo pedindo que as pessoas não saíssem de casa sem necessidade. Loureiro deve decretar situação de emergência ainda na tarde deste domingo.

Nas últimas 12h foram registrados 130 mm de chuva na cidade, principalmente na região central. Para diminuir os impactos provocados pelas chuvas, mais de 250 trabalhadores e 81 máquinas atuam na Capital. 

> Previsão do tempo indica mais chuvas para o domingo em SC

A prefeitura abriu ainda credenciamento para empresas de coleta de lixo que queiram assumir parte do trabalho de recolhimento da cidade. A ação se dá pela paralisação dos trabalhadores da Comcap. No momento, apenas uma empresa faz a coleta no município. 

Deslizamento no Mocotó

No Morro do Mocotó também há desabrigados. Pelo menos quatro casas foram interditadas e os bombeiros pediram para uma família evitar entrar no imóvel, pois há riscos de desmoronamento. Foi uma espécie de dominó, quando um muro caiu sobre uma casa e esta veio atingindo as demais. Apesar de na hora haver moradores, ninguém se feriu. 

Continua depois da publicidade

De acordo com Cleice Ferreira Maia da Silva, uma das moradoras da Servidão Família Furtado e que teve a casa atingida, os estragos ainda precisam ser calculados. 

Muro caiu sobre uma casa no Morro do Mocotó
Muro caiu sobre uma casa no Morro do Mocotó (Foto: Gleice Ferreira Maia da Silva/Arquivo Pessoal)

— Minha casa envergou. A janela estourou e não sabemos como está lá dentro — contou. 

Cleice disse que a mãe praticamente perdeu a moradia, mas que ainda chove bastante e por questão de segurança estão se protegendo na casa de parentes próximos. Entre as famílias atingidas existe uma grávida de nove meses e uma bebê de um ano. As famílias estão sem roupas.

— A gente está sem saber o que fazer. Quem quiser ajudar, por favor, será bem-vindo. Estamos no número 311, fundos da servidão Família Furtado — disse.

Continua depois da publicidade

> “Não saiam de casa, não circulem sem necessidade”, alerta prefeito de Florianópolis

Trânsito sofre alterações 

O acesso às pontes Pedro Ivo e Colombo Salles, na saída da Ilha, registra pontos com água na pista, o que exige atenção dos motoristas e provoca lentidão no local. Por conta disso, a prefeitura determinou a liberação da Ponte Hercílio Luz para facilitar a passagem de veículos que chegam ou saem da região insular da Capital.

A Avenida Hercílio Luz, no Centro, tinha a entrada bloqueada para veículos por conta do acúmulo de água na pista próximo ao cruzamento com a Avenida Mauro Ramos, por volta das 11h15min, segundo informações do sistema Pista Limpa.

> Trânsito é interditado em pista da SC-401 em Florianópolis

O início da Avenida Othon Gama d’Eça, próximo à Beira-Mar Norte, e pontos da própria Beira-Mar também registram alagamentos na pista. A rua Álvaro Milen da Silveira, onde fica a Assembleia Legislativa (Alesc), também no Centro, também tinha água sobre a pista. O mesmo ocorreu também em um trecho da rua Almirante Lamego.

Marginal da Avenida Beira-Mar, próximo ao elevado do CIC, também registra alagamento na pista
Marginal da Avenida Beira-Mar, próximo ao elevado do CIC, também registra alagamento na pista (Foto: Janniter De Cordes, CBN)

As chuvas também começam a complicar o trânsito nas rodovias da Capital. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o Km 19 da SC-401, que leva ao Norte da Ilha, tem acúmulo de água na rodovia e também no acesso ao bairro João Paulo. Por volta das 13h, a PMRv informou que a água já estava na altura da mureta e que o trânsito estava impossibilitado no sentido bairro. Outros trechos da SC-401, na mesma direção, também têm pontos de alagamentos.

Continua depois da publicidade

Na Rua Silva Jardim, no bairro José Mendes, houve a queda de uma calçada e o trecho está em meia pista em uma parte da via.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Capital teve 107 milímetros de chuva em seis horas

Em entrevista à CBN Diário, Gean Loureiro disse que a Capital registrou volume acumulado de chuva de 162 milímetros em 24 horas, sendo 82 milímetros somente em duas horas. Segundo o prefeito, o volume seria semelhante ao da enchente de 1995, considerada a maior enchente de Florianópolis.

De acordo com a Epagri/Ciram, Florianópolis registrou 107 milímetros de chuva em um intervalo de apenas seis horas neste domingo. O número é quase metade do esperado para todo o mês, já que a média histórica de chuva em janeiro na Grande Florianópolis, segundo o órgão, é de 200 a 250 milímetros.

> Enem 2020: acompanhe o segundo domingo de provas em Santa Catarina

A prefeitura de Florianópolis informa que os deslocamentos na região do Centro e Continente estão prejudicados pela chuva e faz um apelo para que as pessoas que puderem, permaneçam em casa.

Continua depois da publicidade

– Nossa preocupação maior agora é com deslizamentos, em função do solo encharcado, e a região que dá acesso às pontes Pedro Ivo e Colombo Salles, que tem muita água acumulada. A gente recomenda a todos que evitem sair de casa. As ruas centrais estão muito alagadas – afirmou o prefeito Gean Loureiro (DEM), na entrevista à CBN Diário.

No Morro da Penitenciária, houve duas quedas de um muro e moradores foram orientados a deixar a residência. Um forte volume de água também descia próximo às residências.

Qualquer emergência como risco de deslizamentos pode ser comunicada para a Defesa Civil pelo telefone 199.

> Cidades de Florianópolis têm falta de luz neste domingo por causa das chuvas

Veja fotos dos alagamentos em Florianópolis

Marginal da Avenida Beira-Mar, próximo ao elevado do CIC, também registra alagamento na pista
Morro da Penitenciária teve duas quedas de muro por causa das chuvas (Foto: Diorgenes Pandini, Diário Catarinense)
Ocorrências exigiram que moradores saíssem de casa na região do Morro da Penitenciária
Ocorrências exigiram que moradores saíssem de casa na região do Morro da Penitenciária (Foto: Diorgenes Pandini, Diário Catarinense)
Rua Delminda Silveira, no Agronômica, também registrou pontos de alagamento
Rua Delminda Silveira, no Agronômica, também registrou pontos de alagamento (Foto: Diorgenes Pandini, Diário Catarinense)
Rua Álvaro Milen da Silveira, próximo à Alesc, também tem água sobre a pista
Rua Álvaro Milen da Silveira, próximo à Alesc, também tem água sobre a pista (Foto: Guarda Municipal de Florianópolis)
Rio Büschler, que corta o bairro Jardim Atlântico próximo ao limite com Barreiros, em São José, apresenta nível elevado
Rio Büschler, que corta o bairro Jardim Atlântico próximo ao limite com Barreiros, em São José, apresenta nível elevado (Foto: Jorge Jr., CBN Diário)
Rua Josué di Bernardi, em São José, também tem pontos com água na pista
Rua Josué di Bernardi, em São José, também tem pontos com água na pista (Foto: Jorge Jr. )
Deslizamento danificou cobertura de uma casa no Saco dos Limões
Deslizamento danificou cobertura de uma casa no Saco dos Limões (Foto: Jorge Luiz Pereira, arquivo pessoal)

> Novas doses da vacina contra a Covid-19 chegam a Santa Catarina

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total