nsc
an

Susto

Cobra é encontrada no mar em praia de São Francisco do Sul; veja vídeo

A serpente é da espécie Caninana e pode chegar a 2,5 metros de comprimento

02/04/2021 - 16h48 - Atualizada em: 02/04/2021 - 18h27

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Mueller
cobra-caninana-praia-sao-francisco-do-sul
A Caninana foi encontrada na Praia Grande, em São Francisco do Sul
(Foto: )

Uma cobra, avistada dentro do mar, assustou as pessoas que passavam pela Praia Grande, em São Francisco do Sul, na quinta-feira (1º). Segundo Diogo Cristo, veterinário do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP), a serpente é da espécie caninana e pode chegar a 2,5 metros de comprimento.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

O veterinário explica que a espécie é comum na região Sul do Brasil, mas não costuma ser encontrada na água. A caninana é um animal que fica em árvores se alimentando de pequenos lagartos e anfíbios.

— No caso deste animal, ela pode até ter escapado de um predador que sobrevoava a praia ou apareceu ali de forma incomum buscando pequenas presas, possivelmente vindas da restinga — explica. 

Veja o vídeo:

Diogo também destaca que esta espécie é bem ágil, mas não é peçonhenta. A cobra geralmente tenta fugir de humanos e apenas se defende quando é ameaçada.  

> Cobra de 2 metros é encontrada dentro de casa no Norte de SC

A serpente encontrada na Praia Grande foi capturada por um salva-vidas que trabalhava no local. Após serem capturados, os animais são encaminhados para centros de triagem e reabilitação de animais silvestres, em Florianópolis.

Caso a serpente não apresente nenhuma condição debilitante, pode ser solta em matas próximas, sempre com auxílio de equipe treinada ou mesmo da polícia ambiental, destaca o veterinário.

Leia também:

Cobra come sapo, invade casa e se esconde no banheiro em Jaraguá do Sul; veja vídeo

Cobras venenosas em Santa Catarina; saiba mais e quais os cuidados

Cobra urutu-cruzeiro gera medo pelo poder do veneno; o que fazer se for picado

Cobra de 1,3 metro é encontrada na porta de hospital em Guaramirim

Colunistas