nsc
hora_de_sc

Segurança

Como evitar golpes do Pix

Veja como ficar seguro nas transações utilizando essa forma de pagamento

03/09/2021 - 04h00

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Golpes envolvendo o Pix têm sido comuns e é necessário estar atento a eles
Golpes envolvendo o Pix têm sido comuns e é necessário estar atento a eles
(Foto: )

Diversos brasileiros têm sido vítimas de golpes aplicados por meio do Pix. Os criminosos se utilizam de diferentes artimanhas para conseguir subtrair parte do patrimônio das vítimas. Nesse contexto, é muito importante ficar atento para não cair em golpes.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Além disso, há alguns boatos circulando pela internet sobre algumas artimanhas utilizadas pelos criminosos, como o golpe do Pix agendado. Também é fundamental estar atento em relação a esse tema para que você não fique excessivamente ansioso e preocupado sem motivo.

Como se proteger dos golpes do Pix?

O método de pagamento instantâneo tem andando bastante espaço no mercado brasileiro. Infelizmente, muitos criminosos têm se aproveitado disso para fazer golpes em diversas vítimas. Por esse motivo, é importante tomar algumas medidas de precaução como configurar limite do Pix e otimizar a segurança dos aplicativos dos bancários.

Mudar o limite do Pix

Trata-se de uma mudança que visa mitigar possíveis prejuízos. Isso porque, muitos golpes tem sido realizados por meio de sequestros-relâmpago na qual os criminosos furtam o celular da vítima e fazem transferências de maneira instantânea. Ao depender do horário, em poucos segundos eles podem tirar até R$ 35.000,00 em uma simples transferência.

Realmente essa situação seria bastante desagradável, pois a pessoa teria um grande prejuízo financeiro. No entanto, a boa notícia é que é possível reduzir os danos e diminuir prejuízos em caso de roubos ou furtos.

Por esse motivo é muito importante reconfigurar o limite do Pix para dificultar a ação dos criminosos. Para isso, visite a página do seu aplicativo e faça a reconfiguração. Existem dois limites: um que é válido para o período entre as 23 horas e as 5 horas da manhã do dia seguinte e o outro que é válido para o restante do dia.

> Saiba como funciona o Pix

Segurança dos aplicativos bancários

Também é fundamental estar atento em relação alguns aspectos em relação à segurança dos apps bancários, principalmente no seu smartphone.

Nesse momento, é necessário ter cuidado com o uso dos aplicativos bancários em locais públicos e no transporte coletivo.

Nessa situação, se o indivíduo for furtado com celular desbloqueado, o criminoso poderá fazer pesquisas e ter acesso às senhas cadastradas.

> Como registrar chaves digitais no Pix

Segurança no seu smartphone

Existem algumas medidas fundamentais para melhorar a segurança do smartphone e evitar que os criminosos entrem no aplicativo da sua instituição financeira. Entre as principais estão:

  • nunca anote senhas de acesso ao banco em blocos de notas, e-mails ou outros locais no smartphone;
  • não utilize o recurso de lembrar ou salvar senhas para navegadores e sites;
  • sempre faça o bloqueio da tela de início do seu celular.
  • > Golpe do PIX agendado é verdade? Entenda

Quais são os principais golpes?

Diversos golpes são aplicados é necessário estar atento para que você não seja a próxima vítima. Na sequência do conteúdo destacaremos sobre as situações mais comuns.

Clonagem de What’s App

Nesse golpe, os criminosos fazem o envio de uma mensagem pelo WhatsApp e se passam por empresas na qual a vítima está cadastrada. Primeiramente, eles pedem um código de segurança enviado por SMS e falam que se trata somente de uma atualização cadastral.

Após terem acesso ao código, os criminosos vão poder replicar a conta de What’s App em outro smartphone. Na sequência, eles poderão fazer o envio de mensagens aos contatos da pessoa se passando por ela e pedindo dinheiro emprestado por meio de um Pix.

Ao habilitar a verificação em duas etapas no WhatsApp você poderá diminuir os riscos de ter o aplicativo clonado. Para fazer esse procedimento só é necessário na parte de ajustes ou configurações, ir no menu conta e selecionar a opção verificação em duas etapas. Através dessa configuração, você vai cadastrar uma senha que vai ser solicitada de maneira periódica pelo aplicativo.

Cadastramento de chaves

O cadastramento das chaves do pequeno só pode ser feito nos canais oficiais dos bancos. Entre eles estão as agências das instituições bancárias, o internet banking, o aplicativo bancário ou mesmo a central de atendimento.

Dessa forma, a pessoa não deve clicar em links recebidos por e-mail, redes sociais, mensagens SMS ou mesmo de WhatsApp. Além disso, ao fazer a transferência é necessário checar os dados do recebedor do pagamento.

> SC movimentou mais de R$ 83 bilhões em transferências por PIX; veja o ranking

Benefícios de utilizar o Pix

Sequestro-relâmpago

Não é bem um golpe, no entanto, essa prática tem aumentado bastante nos últimos meses, em diferentes partes do Brasil, principalmente no Estado de São Paulo. Desde quando, o Pix foi implementado em novembro de 2020 o número de sequestros-relâmpago dobrou.

Para se prevenir dessa situação é importante evitar andar com o celular exposto na rua, colocar tela de bloqueio no seu smartphone, não anotar senhas no seu aparelho e configurar o limite do Pix para evitar grandes prejuízos financeiros.

O que fazer se você for vítima do golpe do Pix?

Caso seja vítima de golpe no smartphone, você deve comunicar imediatamente à instituição financeira para ela poder tomar medidas adicionais de segurança, como o bloqueio do aplicativo do banco e também da senha de acesso.

Em caso de furto ou roubo do celular é necessário avisar a operadora de telefonia para bloquear a linha telefônica. Além disso, deve se registrar um boletim de ocorrência para dar visibilidade ao crime e auxiliar nas investigações policiais, o que vai permitir a posterior identificação e prisão das quadrilhas de criminosos.

O Pix agendado é fato ou fake?

Em um cenário na qual muitas pessoas estão com receio de serem vítimas de golpe do Pix, em diversas redes sociais e aplicativos de mensagem tem circulado um alerta para um suposto tipo de golpe: o do Pix Agendado.

Por meio do agendamento do Pix, as pessoas poderão agendar uma data de pagamento transferência para um dia futuro. Nesse caso, os golpistas estariam usando o Pix agendado para tentar roubar dinheiro das vítimas.

No entanto, felizmente essa notícia é fake. Quando uma pessoa agenda o pagamento instantâneo para um jeito específico, o indivíduo que receberá a transação não recebe um aviso do agendamento. A notificação só vai aparecer quando o dinheiro cair efetivamente na conta.

> Golpe do Pix agendado: como funciona e por que a polícia de SC emitiu alerta

O que é o Pix?

Trata-se de um método de pagamento instantâneo brasileiro que foi implementado no ano passado pelo Banco Central.

A ferramenta possibilita, como o próprio nome já diz, o pagamento ou mesmo a transferência instantânea 24 horas por dia e sete vezes por semana, inclusive nos feriados.

O pagamento é feito através de um cadastramento de chaves por parte do recebedor da transferência (pode ser, por exemplo, o e-mail, CPF ou mesmo uma senha aleatória). Essa chave visa simplificar a transação de pagamento, torná-la mais ágil e também assegurar mais segurança ao processo.

Essa ferramenta é bastante prática, pois em poucos segundos você conseguirá enviar o valor desejado ao recebedor. Há também a vantagem da economia, pois essa metodologia de pagamento é gratuita para as pessoas físicas e também para os Microempreendedores Individuais (MEIs).

Por fim, mas não menos importante, é válido mencionar que o Pix pode ser utilizado para seguintes fins de pagamento:

  • entre pessoas físicas;
  • pessoas e empresas;
  • entre duas corporações;
  • entre pessoas e governo, ou entre empresas e governo (pagamento de taxas e impostos).

> Pix terá limite nas transferências para evitar roubos e sequestros

O Pix é seguro?

Essa é uma dúvida que está bastante presente muitas pessoas, pois o Pix é uma nova metodologia de pagamento. Além disso, muitos indivíduos não conhecem profundamente sobre essa metodologia e também sobre os produtos bancários como um todo, devido aos termos técnicos.

Em relação ao Pix, pode ficar tranquilo, pois o Pix é totalmente seguro. Ele é um meio de pagamento, assim como o boleto, cartão, TED e DOC. Não existe nenhuma falha de segurança no método de pagamentos instantâneos. Existem, infelizmente, alguns criminosos utilizando truques antigos com o objetivo de enganar as pessoas.

Há diversos golpes envolvendo o Pix e é muito importante estar atento em relação a eles para que você possa evitar prejuízos. Portanto, é muito importante conhecer as principais artimanhas utilizadas pelos criminosos e, assim, se proteger da melhor forma possível contra essas situações. Desse modo torna-se possível garantir um futuro próspero e tranquilo com toda a sua família.

Além disso, é relevante estar atento em relação aos boatos referentes a esse asssunto. Procure por informações em locais confiáveis e em instituições especializadas para que você possa ter mais segurança sobre o Pix e as questões financeiras em geral.

Leia também

Melhores apps e planilhas para organizar finanças em 2021

Vazamentos de dados: saiba se o seu nome foi usado para abrir contas ou pedir empréstimos

Golpe do WhatsApp, boleto falso e fraude bancária: conheça os crimes digitais mais comuns

Colunistas