nsc
an

Hospital Dona Helena

Covid-19: orientações nutricionais para reforçar sistema imunológico

Veja a lista das vitaminas e minerais indispensáveis para a defesa do seu corpo e os alimentos em que podem ser encontrados

16/04/2021 - 08h35 - Atualizada em: 01/10/2021 - 12h22

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Maioria das vitaminas e minerais podem ser encontrados em frutas, verduras, legumes e sementes
Maioria das vitaminas e minerais podem ser encontrados em frutas, verduras, legumes e sementes
(Foto: )

*Por Gislaine Engelmann, nutricionista clínica do Hospital Dona Helena, de Joinville

Nosso sistema imunológico tem como principal função a proteção contra infecções causadas por bactérias, vírus e outros patógenos. Fatores como genética, meio ambiente, estilo de vida, estado nutricional – ou mesmo a interação de todos esses fatores – influenciam o sistema imunológico, e isso pode explicar as grandes diferenças entre as pessoas neste quesito.

> Covid-19: fisioterapia é fundamental durante tratamento nas UTIs

> Terceira Idade: conheça alimentos para aumentar a imunidade

A nutrição tem sido estudada há décadas em seu importante papel na imunidade. Conforme ocorre com os outros sistemas corporais, o sistema imunológico depende de nutrientes adequados para seu bom funcionamento e estudos mostram que as células imunes podem ser particularmente sensíveis à ausência ou redução de certos nutrientes e componentes dos alimentos.

Pesquisas evidenciam que a deficiência ou inadequação nutricional está associada ao comprometimento da função imunológica, contribuindo para o aumento da morbidade e mortalidade por infecções. Dessa forma, melhorar o estado nutricional e a quantidade de vitaminas e minerais é essencial para garantir a saúde imunológica, seja por meio da ingestão alimentar ou de suplementos.

Alimentos indispensáveis para o sistema imunológico:

Ômega-3

Pode ser encontrado em peixes (sardinha, atum, arenque, salmão selvagem), castanhas, amêndoas e nozes.

Compostos bioativos (antioxidantes e anti-inflamatórios)

Está nas frutas vermelhas/arroxeadas, verduras, legumes e sementes em geral.

Prebióticos e fibras

O primeiro pode ser encontrado na cebola, alho, alho poró, chicória, farinha de banana verde, batata doce, batata yacon e biomassa de banana verde. Já as fibras estão nos cereais integrais, frutas, verduras, legumes, sementes. Tanto os prebióticos quanto as fibras são importantes para a saúde do intestino.

Selênio

A principal fonte de Selênio é a castanha do pará. Seu consumo recomendado é 3 unidades por dia.

Vitaminas do complexo B

Elas estão na levedura nutricional, sementes oleaginosas e cereais integrais.

Vitamina D

Pode ser encontrada em peixes de água salgada, ovos e manteiga.

> Atividade pesqueira movimenta economia catarinense com 700 embarcações industriais

Vitamina E

É ingerida através de alimentos como azeite de oliva extra virgem, castanhas, avelã, semente de girassol e abacate.

Vitamina A

Cenoura, batata doce, folhas de brócolis, manga e couve são fontes de Vitamina A.

Vitamina C

Está nas frutas cítricas, abacaxi, acerola, laranja, kiwi, goiaba, brócolis, frutas vermelhas, talos da couve e salsa.

Zinco

É encontrado em sementes como gergelim, chia, linhaça, castanhas, amêndoas e também em cereais integrais, casca da tangerina e feijões, principalmente no feijão azuki.

Os alimentos dessa lista devem fazer parte da composição diária da dieta. Suplementos nutricionais poderão ser indicados conforme necessidade individualizada. E deve-se evitar alimentos industrializados em geral, devido à baixa qualidade nutricional.

Além de manter um padrão saudável de alimentação, regular os níveis de estresse e sono também auxilia no sistema imunológico. Níveis elevados de estresse contribuem para o aumento de cortisol circulante. Sabe-se que os níveis de cortisol interferem diretamente na qualidade do sono. Um sono inadequado pode causar menor eficiência das células imunitárias – ou, em outras palavras, baixar a imunidade.

O Hospital Dona Helena conta com Ambulatório de Nutrição e a consulta pode ser agendada pela internet.

Leia também:

Influenciadora cega de Florianópolis cria conteúdos para desmitificar a deficiência visual

Bebê engasgado é salvo com ajuda de bombeiro pelo telefone em Blumenau; ouça

Colunistas