nsc
dc

Estupro de vulnerável

Criança denúncia abuso sexual em bilhete, e padrasto é preso em Chapecó: "Me ajuda"

Mensagem foi entregue a monitor do transporte escolar, que levou o caso ao Conselho Tutelar

12/05/2022 - 18h31 - Atualizada em: 12/05/2022 - 18h56

Compartilhe

Luana
Por Luana Amorim
Abusos iniciaram no começo do ano, segundo a polícia
Abusos iniciaram no começo do ano, segundo a polícia
(Foto: )

Um homem de 55 anos foi preso preventivamento suspeito de estuprar a enteada de 10 anos em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. O caso foi descoberto após a criança denunciar os abusos por meio de um bilhete, entregue ao monitor do transporte escolar. 

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

De acordo com o delegado Éder Matte, da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami), os abusos teriam iniciado no início do ano, porém só foram descobertos na terça-feira (10). Isto porque a menina, que era enteada do suspeito, entregou ao monitor do transporte um bilhete que dizia: "Me ajuda estou sofrendo abuso sexual". 

O homem, então, acionou o Conselho Tutelar, que levou o caso à polícia. Além da vítima, testemunhas também foram ouvidas, a fim de encontrar provas que comprovassem o crime. 

A polícia pediu a prisão preventiva do suspeito, que foi feita na tarde desta quinta-feira (12), em Chapecó. Ele foi encaminhado para o presídio, onde permanecerá à disposição da Justiça. 

Ainda segundo o delegado, o que chamou a atenção foi a forma como a criança pediu ajuda, já que ela estaria "vivenciado uma situação terrível". Ele destaca ainda que a maioria dos abusos ocorre dentro do ambiente familiar. 

— Devemos cuidar nossas crianças e ficar atentos a qualquer mudança/alteração de comportamento — destaca. 

Em caso de violência ou abuso sexual, denúncias podem ser feitas à Polícia Civil por meio do Disque 100 ou pelo 181. A ligação é gratuita e a denúncia anônima. 

Leia também: 

'Don Juan' catarinense conquistava mulheres de meia-idade para roubar dinheiro, diz polícia

Falsa médica é desmascarada em hospital de SC e confusão vai parar na Interpol

Cão "xodó" de viúva é encontrado morto em Massaranduba; suspeita é de envenenamento

Colunistas