nsc
dc

FILA DA MORTE

Em Xanxerê, 16 pacientes com Covid-19 morreram à espera de leitos de UTI

De 5 a 8 de março, sete pessoas perderam a vida enquanto aguardavam por uma vaga em terapia intensiva

08/03/2021 - 19h25 - Atualizada em: 08/03/2021 - 19h53

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Hospital Regional São Paulo recebe deontes da cidade e região
Hospital Regional São Paulo recebe deontes da cidade e região
(Foto: )

Ao menos 16 pessoas com Covid-19 morreram em Xanxerê, no Oeste de SC, à espera de um leito de UTI até o início da noite desta segunda-feira (8). Somente nos últimos quatro dias, sete pacientes perderam a vida enquanto aguardavam por uma vaga de terapia intensiva, segundo informações da prefeitura. A cidade convive com o colapso na rede de saúde desde fevereiro. 

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

> Conselho de Medicina de SC alerta sobre sintomas iniciais da Covid-19 e opções de tratamento

A vítima mais recente era um homem de 80 anos, que estava internado desde o dia 28 de fevereiro na emergência do Hospital Regional São Paulo. Ele havia feito o teste de Covid-19 no dia 22 de fevereiro e foi encaminhado à unidade de saúde ao apresentar agravamento dos sintomas. O óbito ocorreu as 14h desta segunda-feira. 

Além dele, outras quatro mulheres, duas de 72 e duas de 73 anos, além de uma vítima de 64 anos, morreram durante o último fim de semana à espera de uma vaga na terapia intensiva. No mesmo espaço de tempo, houve o registro de morte de dois pacientes com menos de 45 anos.

> Pacientes que chegam às UTIs em SC são mais jovens, mais graves e sem comorbidades

O primeiro, de 44 anos, internou no dia 1º de março e apresentava sintomas desde o dia 15 de fevereiro. O segundo, de 43 anos, também aguardava vaga em UTI desde o dia 1º de março e quando procurou atendimento, já estava com sintomas há 12 dias. O paciente chegou a usar máscara de oxigênio em sua casa antes de ir ao hospital. 

> "Tenho certeza que se tivesse leito ele teria se salvado", diz filha de paciente que morreu na fila por UTI em Xanxerê

Antes do fim de semana, outros nove pacientes já tinham morrido enquanto ocupavam a lista de espera por um leito de terapia intensiva, as três primeiras em menos de 7h

Mais 27 pessoas na fila de espera

Até as 10h desta segunda-feira (8), 27 pessoas aguardavam por uma vaga em UTI e duas por leitos de enfermaria, segundo boletim do Hospital Regional São Paulo, referência de atendimento na região. Segundo dados da prefeitura, 86 óbitos por complicações da doença ocorreram até a tarde desta segunda. Já o governo de Santa Catarina divulga 84 mortes. 

Colapso no Oeste de SC

A cidade de Xanxerê convive com o resultado de um contágio descontrolado pelo vírus e o colapso na rede de saúde. O prefeito chegou a chorar durante uma transmissão ao vivo, ao pedir ajuda do Estado e do governo federal. O administrador municipal também decretou calamidade pública, lei seca e fechou os serviços não essenciais até esta segunda-feira (8). 

> Hospital de Xanxerê alerta: "Vamos começar a perder vidas, a comunidade precisa estar preparada"

Além disso, o hospital referência do município fez um comunicado bastante duro há uma semana, alertando para as futuras mortes podem ocorrer devido ao caos na rede de saúde: "a comunidade precisa estar preparada", dizia a publicação. 

Leia também

"Lockdowns de final de semana não servem", afirma cientista da Covid-19

Painel do Coronavírus: saiba como foi o avanço da pandemia em SC

Colunistas