nsc
dc

Meio ambiente

Educação ambiental é instrumento fundamental de transformação

Com o objetivo de contribuir com uma sociedade melhor, Colégio Catarinense estimula o desenvolvimento dos alunos por meio de ações socioambientais

18/06/2021 - 17h35 - Atualizada em: 14/07/2021 - 16h53

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
O Colégio Catarinense, por meio da educação ambiental, forma alunos mais responsáveis e conscientes das suas ações.
O Colégio Catarinense, por meio da educação ambiental, forma alunos mais responsáveis e conscientes das suas ações.
(Foto: )

Você sabia que 1969 foi o último ano em que os recursos disponíveis na Terra suportaram o modelo de consumo da sociedade mundial, do início ao fim? Desde então, o planeta tem tido dificuldades para se regenerar e oferecer subsídios suficientes para atender às demandas da humanidade durante os 365 dias que contabilizam esse ciclo no calendário gregoriano.

Essa estimativa faz parte dos estudos da Global Footprint Network, uma organização de pesquisa internacional que realiza todos os anos a coleta de dados sobre o uso dos recursos naturais, para definir o “Dia da Sobrecarga da Terra”. A data marca o momento em que o consumo de recursos está acima do que o planeta oferece para aquele ano. E ainda que em 2020 essa data tenha sido “tardia” - no dia 22/08, a data mais avançada dos últimos 15 anos, devido à pandemia -, é preciso repensar a relação entre homem e natureza.

Nesse contexto, a educação ambiental tem se mostrado um instrumento fundamental de transformação. Institucionalizada no Brasil em 1973, esse modelo de ensino faz parte da aprendizagem das crianças e jovens, tendo como principal objetivo a formação de cidadãos mais críticos e responsáveis por suas ações. 

A educação ambiental não deve ser entendida como uma disciplina isolada nos currículos das escolas, mas, sim, como uma rede de informações e boas práticas em todos os setores da sociedade, sensibilizando e engajando o senso coletivo.

Louisa Carla Farina Schröter
Para a diretora acadêmica do Colégio Catarinense, professora Louisa Carla Farina Schröter, a educação ambiental pode ser transformadora.
(Foto: )

— Em nossa escola buscamos conquistar pelo exemplo e formar cidadãos responsáveis, multiplicadores de atitudes ambiental e socialmente desejadas — explica a diretora acadêmica do Colégio Catarinense, professora Louisa Carla Farina Schröter.

Baseado no conceito da Ecologia Integral, que atravessa a matriz curricular e perpassa todas as disciplinas, o Colégio Catarinense estimula a relação homem e natureza, aproximando os alunos de um modelo de vida mais sustentável e consciente. 

Essa educação baseada em valores faz parte do currículo das escolas jesuítas, pertencentes à Companhia de Jesus, instituição a qual o Colégio faz parte, e que incita seus colaboradores e alunos ao cuidado com a Criação e a prática da justiça socioambiental.

Educação ambiental é a semente para a transformação social

De acordo com o Projeto Educativo Comum da Companhia de Jesus para a América Latina, divulgado em 2005, a escola é um ambiente privilegiado para a compreensão de conceitos e práticas ambientais potencialmente transformadoras. Por isso, o incentivo à implementação de ideias e práticas faz parte da rotina dos educadores do Colégio.

— Todas as turmas desenvolvem projetos durante o ano, com o objetivo de apresentá-lo à comunidade e ter, de fato, efetividade na vida cotidiana. Neste ano, todos os trabalhos são voltados ao meio ambiente, com temas que vão desde a proteção dos oceanos até a implementação da economia criativa — ressalta a diretora.

O incentivo às práticas ambientais no Colégio é de longa data, sempre ancorado em pautas de impacto e fomentando debates e ações que façam refletir desde os hábitos de consumo, até a responsabilidade de cada um sobre os resíduos que gera.

Projeto Lixo Zero completa 10 anos

Em 2011 o Colégio Catarinense lançou o projeto Lixo Zero na escola, alinhado ao objetivo da educação ambiental, que é de responder às preocupações contemporâneas sobre sustentabilidade e em busca do equilíbrio ambiental do planeta.

O Colégio Catarinense, por meio da educação ambiental, forma alunos mais responsáveis e conscientes das suas ações
O Colégio Catarinense, por meio da educação ambiental, forma alunos mais responsáveis e conscientes das suas ações
(Foto: )

— O projeto foca na mudança de atitude de toda a comunidade educativa, propondo um olhar diferenciado sobre nossos comportamentos e os impactos gerados por ele — explica a professora Louisa Carla.

> Onde o seu lixo vai parar?

Sendo um projeto permanente na instituição, ele fortalece o compromisso social e engaja os alunos a assumirem o papel de protagonistas no combate às injustiças e na responsabilidade pela preservação do meio ambiente. Na prática também, com a realização da triagem e do descarte adequado dos materiais.

Para se ter ideia, somente entre 2018 e 2019 mais de 40 toneladas de resíduos foram produzidos no Colégio, entre papel, papelão, plástico, multicamadas, vidro e metal. Todos esses resíduos foram encaminhados para o Laboratório de Ecologia Integral, onde colaboradores e, muitas vezes, os próprios alunos fazem a separação adequada para destinar à associação de catadores.

Projeto Lixo Zero
O projeto Lixo Zero ensina os alunos a realizarem desde a triagem, até o descarte adequado dos materiais.
(Foto: )

— Ou seja: primeiro incentivamos a repensar o consumismo, o que é desejo e o que é necessidade. Em seguida, chamamos atenção para a responsabilidade de cada um sobre aquilo que gera e o impacto que isso terá de maneira coletiva. Inclusive após a triagem, os resíduos triados são encaminhados à uma cooperativa de catadores formada por aproximadamente 20 famílias, tendo ainda essa cadeia de responsabilidade na vida da comunidade — finaliza.

Sustentabilidade na prática

O Projeto Lixo Zero é formado, também, por ações como a implantação de placas de energia solar fotovoltaica para um consumo limpo, incentivo ao uso de EcoCopos e canecas permanentes, e a sensibilização de todos por meio de uma comunicação atualizada sobre as questões relacionas ao meio ambiente. Além disso, o Colégio é uma instituição ativa em eventos ambientais.

Acesse o site do Colégio Catarinense e saiba mais sobre a instituição.

Confira o canal Atitude Verde no NSC Total.

Leia também

Histórias de quem batalha para mudar o atual cenário nos mares e praias

Brasil tem 3,3 mil espécies de animais e plantas ameaçadas

Como SC cuida e recupera o solo explorado na mineração

Colunistas