nsc
dc

Serial killer

Família sequestrada por Lázaro agradece orações; veja vídeo

Antes de balear um policial durante troca de tiros, o serial killer, que ainda está foragido, fez três pessoas reféns

18/06/2021 - 15h39 - Atualizada em: 19/06/2021 - 08h49

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Lázaro é natural da Bahia
Lázaro é natural da Bahia
(Foto: )

A família sequestrada por Lázaro Barbosa, de 32 anos, em Goiás na última terça-feira (15), publicou um vídeo nas redes sociais na noite de quinta-feira (17) para agradecer as orações.

> Quem são os serial killers que amedrontaram o Brasil

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A gravação foi feita por um familiar e ao fundo, a imagem mostra as três pessoas que foram feitas reféns . “Passando para deixar um testemunho de milagre, um testemunho de vida. Deus restaurou a minha família. Esse aqui é o meu tio Edson, minha tia Jocélia e minha prima Michele. Passando aqui para agradecer a Deus, a todos que oraram pela nossa família e para dizer a vocês que eles estão bem, graças a Deus”, contou a mulher.

> Leia mais: Caçada a Lázaro chega ao 11º dia; serial killer foi visto em chiqueiro

Antes de balear um policial durante troca de tiros, o autor de uma chacina no Distrito Federal fez três reféns. No meio da fuga, Lázaro Barbosa passou por uma chácara e escondeu os reféns sob folhas para que não fossem vistos pelas buscas aéreas da polícia. No fim da tarde de terça-feira, a polícia os encontrou com vida. As vítimas eram pai, mãe e filha, de 48, 40 e 15 anos, respectivamente.

Leia mais em Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também:

> Serial killer suspeito de matar professor de SC nega que crimes tenham sido cometidos por ódio

> Preso o serial killer que matou homossexuais em SC e PR

> Influencer brinca com o caso de Lázaro, o serial killer, e gera revolta na internet

Colunistas