Florianópolis é a capital mais sustentável do país, de acordo com o Ranking Bright Cities 2023. Ao considerar todos os municípios avaliados no Brasil, a cidade ocupa o 8º lugar. Para obter o resultado, a plataforma analisa a performance dos municípios em 10 áreas da gestão urbana: Governança, Educação, Saúde, Urbanismo, Meio Ambiente, Segurança, Mobilidade, Empreendedorismo e Tecnologia e Inovação.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Além de liderar o ranking das capitais, Florianópolis também ficou em primeiro lugar na lista de cidades do Sul do país, seguida por Londrina e Curitiba. No top 5 da região, Jaraguá do Sul, município do Norte Catarinense, também aparece em destaque.

Municípios mais sustentáveis da região Sul

1º – Florianópolis (SC)
2º – Londrina (PR)
3º – Curitiba (PR)
4º – Maringá (PR)
5º – Jaraguá do Sul (SC)

Todos os indicadores utilizados pela plataforma Bright Cities estão alinhados com os ​17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU​ . Somente municípios de população superior a 100 mil habitantes são incluídos no ranking, o que significa que são avaliados anualmente um total de 326 municípios brasileiros.

Continua depois da publicidade

Leia também: Florianópolis e Joinville estão no top 3 das melhores cidades para empreender no Brasil

O bom desempenho de Florianópolis

O prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, explica que o bom desemprenho de Florianópolis nesse e outros ranking similares se dá por conta do desenvolvimento de ações que envolvem mobilidade, matriz energética, educação e destinação de resíduos.

Além disso, a Capital de Santa Catarina incentiva o desenvolvimento econômico com programas como o Floripa Mais Empregos, que une empresas, oportunidades de trabalho e cursos com o público interessado.

— Todas as iniciativas desenvolvidas pela prefeitura são pensadas de acordo com a necessidade da população. Cursos gratuitos são ofertados, boas oportunidades de emprego são divulgadas, impactando positivamente em nossa cidade e no futuro de todos que aqui vivem — explica o prefeito.

Leia também

Florianópolis não vê transporte marítimo como solução para mobilidade; entenda

A cidade de SC que registra o “boom” da construção civil

UFSC inicia cultivo de Cannabis para pesquisa em medicina veterinária

Destaques do NSC Total