nsc
dc

Internet

Gato Galáctico planeja dobrar receita, gerar mais empregos e abrir polo criativo em Santa Catarina

Fenômeno na web, influenciador de 31 anos fala sobre os planos em bate-papo com a reportagem

29/05/2021 - 07h00

Compartilhe

Por Fabrício Vitorino
homem feliz de macação verde em sala de jogos
Vídeos do canal do influenciador no YouTube acumulam 4,5 bilhões de visualizações
(Foto: )

O Gato Galáctico está, literalmente, uma fera. OK, admito que o trocadilho pode até ser fraco, mas o animador Ronaldo Souza é um fenômeno: aos 31 anos, ele tem mais de 14 milhões de inscritos em seu canal do YouTube. Os vídeos acumulam 4,5 bilhões de visualizações. No Instagram ele acumula 1,6 milhão de seguidores, enquanto no TikTok, os fãs do Gato ultrapassam 2,5 milhões. Todo esse império rendeu ao “felino” um faturamento de R$ 4 milhões em 2019 e 2020. Já em 2021, ele prevê um salto na receita: mais de R$ 10 milhões.

Os números são de tirar o fôlego, mas não tiram a agilidade desse gigante das redes sociais. Se em 2013 ele foi o primeiro youtuber brasileiro a se tornar um personagem animado, em 2021 ele acaba de comprar um terreno em Florianópolis que abrigará um polo audiovisual. O prédio da “Ronaldo Souza Produções” tem aproximadamente 360 metros quadrados e o Gato também está investindo na área de Gestão de Carreiras agenciando o youtuber Natan, do canal “Natan por aí”.

> Receba notícia do NSC Total em seu WhatsApp

Sem falar que, recentemente, o Gato Galáctico fez uma “colab” com a NSC TV, aparecendo na programação com programetes. “Eu adoro estar na TV e gosto muito de trazer a NSC ou a própria TV pra dentro das plataformas digitais, né? Os públicos são muito diferentes em cada mídia. Queremos trazer todo mundo que agrega, que tá alinhado com a nossas mensagens, os nossos valores”, explica, em conversa exclusiva com a reportagem.

E o movimento das “casas” de influenciadores parece ser uma tendência - Flakes Power, outro gigante catarinense das redes, está montando a mansão dele em Joinville. Ronaldo, que já viveu uma experiência similar em 2017, diz estar focado nas trocas entre influenciadores, que podem agregar públicos e, consequentemente, somar audiências. “Todo mundo aspira ter uma casa com amigos, ser um influenciador digital. E quando as pessoas veem um próximo passo na carreira desses influenciadores, ficam extremamente felizes, e acabam acompanhando mais, pois tem uma energia potencial muito grande, né?”.

> Corpus Christi em 2021 é feriado nacional ou ponto facultativo? Entenda

Aliás, as “mansões” de influenciadores são apenas um dos passos na carreira do Gato Galáctico. Em seu “ecossistema”, Ronaldo de Souza atua em todos os nichos: kids/bebês, infanto-juvenil e jovens-adultos. “A diversidade é um grande ponto que a gente trabalha. E estamos indo também para um outro caminho com as marcas como o ‘Desnecessauro’, que é mais sensível, mais engraçada. Então, existe um nicho muito maior do que a galera costuma ver no ‘Gato Galático’, né?”

“Atualmente, temos mais de 50 pessoas empregadas. E indiretos são mais ainda, com os frilas. Com a casa, isso vai aumentar mais ainda. Queremos chegar a 100 pessoas e transformar isso num grande polo criativo, no polo mais criativo do Brasil. Esse é meu sonho, eu sou, eu tenho sonhos ambiciosos e pretensiosos mesmo”, explica Ronaldo de Souza. “E cada pessoa que entra é uma pessoa que é amiga, que é uma pessoa que veste a camiseta, é uma pessoa que tá alinhada com aquele discurso, com a meta de transformar a infância de hoje em dia tão feliz quanto a nossa infância foi”.

Leia também:

Bolsonaro diz que pretende fazer passeio de moto em Chapecó

SC já registra mais escorpiões achados em 2021 do que em todo 2020; veja como se proteger

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Colunistas