Um nocaute histórico consagrou Hebert Conceição como campeão olímpico no boxe na categoria peso-médio. O baiano estava perdendo para o ucraniano Oleksandr Khyzhniak, campeão mundial de 2017, mas no terceiro round acertou um cruzado de esquerda que mandou o oponente à lona. O juiz abriu contagem, mas logo encerrou o combate para êxtase do brasileiro no Ryogoku Kokugikan nas Olimpíadas de Tóquio 2020.

Continua depois da publicidade

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

No primeiro round, Khyzhniak teve mais iniciativa e desferiu muitos golpes em Hebert. Mesmo não acertando a maioria deles, os cinco juízes consideraram vitória do ucraniano por unanimidade. 

O brasileiro equilibrou o combate no round seguinte, acertou o adversário com bons cruzados, mas mesmo assim não convenceu os julgadores, que novamente apontaram triunfo para o europeu.

No terceiro e último round, Hebert foi para o tudo ou nada. O ucraniano, ciente de que estava em vantagem, passou catimbar e tentar desconcentrar o brasileiro, mas o baiano não se deu por vencido. Quando estava acuado em um dos cantos do ringue, ele acertou um cruzado de esquerda que encontrou em cheio o rosto de Khyzhniak. A potência foi o suficiente para ele cair, se levantar cambaleando e ser derrotado.

Continua depois da publicidade

Cruzado de esquerda de Hebert acerta o rosto de Khyzhniak
Cruzado de esquerda de Hebert acerta o rosto de Khyzhniak (Foto: Wander Roberto/COB)

Para chegar à medalha de ouro em Tóquio, a sexta do Brasil nesta edição, Hebert derrotou o chinês Tuohetaerbieke Tanglatihan nas oitavas de final em decisão dividida dos árbitros. Nas quartas, novamente vitória apertada, mas sobre o cazaque Abilkhan Amankul, prata no Campeonato Mundial de 2017. Na semifinal, o baiano eliminou o russo Gleb Bakshi, campeão mundial de 2019.

> Confira o quadro de medalhas dos Jogos de Tóquio

Leia também:

> Como acompanhar as Olimpíadas na NSC

> Veja os catarinenses que já conquistaram medalhas olímpicas

> Relembre as aberturas mais marcantes das Olimpíadas

Destaques do NSC Total