nsc
an

Pandemia

Joinville libera reuniões familiares, corporativas e políticas; veja as regras

Elas estão permitidas apenas em locais já autorizados a funcionar pelas autoridades sanitárias

15/10/2020 - 12h29 - Atualizada em: 15/10/2020 - 13h06

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Reuniões corporativas estão autorizadas, respeitando as regras sanitárias
Reuniões corporativas estão autorizadas, respeitando as regras sanitárias
(Foto: )

Joinville liberou nesta semana a realização de reuniões familiares, corporativas e políticas em espaços que estejam devidamente regularizados e autorizados a funcionar. Nesta quinta-feira (15), o município divulgou as regras elaboradas pela Vigilância Sanitária para que as reuniões possam acontecer durante a pandemia do coronavírus.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

As reuniões devem ser restritas a convidados, sem cobrança de ingresso, e com controle de lista de presença. Essa medida é para facilitar o rastreamento de algum indivíduo pelo órgão sanitário, se houver necessidade.

De modo geral, são reforçados os cuidados de controle com o distanciamento social, higiene, limitação de pessoas no espaço. O decreto publicado nesta semana define uma distância mínima de dois metros entre as pessoas.

Também deve ser feita a aferição de temperatura corporal, na entrada do local, sem contato físico, dos trabalhadores e dos participantes. Todos no local devem manter o uso de máscara, de forma correta. E precisa ser disponibilizado álcool 70%, na entrada e em pontos estratégicos, para higienização das mãos.

> Joinville reserva testes para compra em caso de segunda onda do coronavírus

Aniversários e casamento podem ser realizados, mas será necessário guardar o arquivo com a lista de convidados e de fornecedores por até 30 dias da realização, para possível comunicação de casos identificados. O mesmo vale para reuniões corporativas e políticas.

Sobre a utilização dos brinquedos nas áreas de festa, também há diversos pontos a serem observados. Entre eles, a higienização diária, presença do monitor para garantir a higienização das mãos das crianças antes de brincar, e garantia do uso de máscara.

Continuam sendo proibido o funcionamento de pista de dança, palcos e outras áreas incompatíveis com as atividades provisoriamente autorizadas, seja as de restaurante ou bar.

> Em portarias, Joinville detalha medidas para saunas e tabacarias

Multa e interdição para quem desrespeitar as regras

A gerente da Vigilância Sanitária, Edilaine Pacheco, alerta que as penalidades podem ser aplicadas de modo retroativo, a partir de registro de vídeos ou fotos, com data e horário, comprovando o descumprimento das normas.

- Entendemos a necessidade destes setores econômicos voltarem a funcionar, mas é preciso que cumpram as determinações e tenham os cuidados redobrados para mantermos a segurança da cidade. Continuaremos as fiscalizações e autuando os responsáveis, caso ocorra desrespeito às regras, com risco de interdição do estabelecimento até o fim da pandemia - avisa.

Os responsáveis pelas reuniões pode ser responsabilizados, sujeitos à multa e interdição, caso não cumpram as determinações.

> Prefeitura de Joinville e empresas de ônibus discordam sobre valor de prejuízo; Justiça quer informações

Colunistas