nsc
an

Saúde pública

Médico investigado em Joinville foi flagrado entrando no motel em horário de trabalho

Operação Ponto Fraudado ainda prendeu em flagrante dois médicos que estavam dormindo em casa após bater o ponto

15/12/2020 - 18h07 - Atualizada em: 15/12/2020 - 19h37

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra carro da polícia civil na frente do hospital
Monitoramento de policiais começou em setembro, após denúncias
(Foto: )

Um dos médicos investigados por fraudar o registro do ponto no Hospital Regional de Joinville foi visto entrando em um motel da cidade em um momento em que deveria estar trabalhando, segundo o apontamento do sistema da unidade de saúde. A informação foi confirmada pelo delegado Rafaello Ross, responsável pela operação deflagrada na manhã desta terça-feira (15), após a Polícia Civil monitorar 11 profissionais durante 45 dias. 

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Dois médicos foram presos em flagrante ainda nesta terça-feira, por falsidade ideológica. Eles haviam registrado o ponto no hospital mas estavam dormindo, em casa, ainda durante o horário em que deveriam estar cumprindo o expediente. O médico que foi visto entrando em um motel no horário de trabalho não foi preso porque, naquele momento da investigação, não foram realizadas prisões.

O delegado Rafaello ainda irá terminar de ouvir os depoimentos de todos os envolvidos. A fraude no registro dos pontos foi denunciada pela direção do hospital à Polícia Civil em setembro e, desde então, foram reunidas provas para deflagrar a Operação Ponto Fraudado.

Leia também

Moradora de SC joga máscaras pela rua após flagras de desrespeito; veja vídeo

SC tem 85 novas mortes por coronavírus, o segundo pior número desde agosto

Suspeito de aplicar golpes pela internet é preso em SC

Quem são os artistas e os famosos que morreram de Covid-19

Colunistas