nsc
    dc

    Tecnologia

    Mercado de SC aceita pagamento com o rosto; saiba como funciona

    Com solução de empresa catarinense, unidade do Angeloni de Florianópolis está usando o reconhecimento facial dos clientes para o pagamento das compras

    20/03/2021 - 09h00 - Atualizada em: 20/03/2021 - 18h28

    Compartilhe

    Por Fabrício Vitorino
    reconhecimento-facial- angeloni
    Tecnologia conecta a face de cada usuário com o cartão de crédito e permite, sem mostrar o cartão e tirar a máscara, pagar compras mostrando o rosto
    (Foto: )

    Com solução da startup Payface, o Angeloni de Florianópolis se tornou o primeiro da América Latina a contar com a inovação. A rede de supermercados, com lojas em Santa Catarina e também no Paraná, aderiu à tecnologia de pagamento por reconhecimento facial.

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    A solução é da startup Payface, de Florianópolis – mesma que, semanas atrás, anunciou parceria com a Cielo para funcionar na Drogaria Iguatemi, no Shopping JK, em São Paulo.

    A tecnologia conecta o rosto de cada usuário com o cartão de crédito e permite, sem mostrar o cartão e sem tirar a máscara, que o consumidor pague as compras usando apenas o rosto, diminuindo filas e evitando contato físico. A novidade aqui é que a ferramenta vai estar integrada ao app do Angeloni.

    > Phishing: Brasil é o país que mais sofre ataques virtuais do tipo; saiba como se proteger

    > Governo de SC inicia reconhecimento facial para registrar ponto de servidores

    Inicialmente, o pagamento “com o rosto” vai estar disponível em todos os caixas rápidos e self-checkouts da unidade da Avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis (SC). A integração faz parte da estratégia de inovação do Angeloni, que pretende criar hoje as “lojas do futuro” e intensificar os cuidados da marca com a prevenção do novo coronavírus.

    Leia também 

    Catarinense cria aplicativo que recompensa quem ajuda os outros

    Totvs compra a catarinense RD por R$ 2 bilhões, o maior negócio de TI da América Latina

    Empresa de Santa Catarina tem 13 bilionários na lista da Forbes: entenda como chegou lá

    Uma em cada três startups do Brasil não tem mulheres no “time”, aponta pesquisa

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas