A modelo brasileira Thalita Zampirolli, de 29 anos, mora em Boston, nos Estados Unidos, e veio a Blumenau para passar por uma cirurgia chamada de refinamento vaginal nesta sexta-feira (10). Além desse procedimento, a influenciadora deve passar por outra cirurgia, de feminização facial, na terça-feira (14).

Continua depois da publicidade

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

Thalita é mais uma paciente que vem de longe para se operar na cidade. O médico responsável pelo procedimento é José Carlos Martins Júnior, o mesmo que operou as gêmeas de Minas Gerais Sofia Albuquerck e Mayla Phoebe em uma cirurgia de redesignação sexual, a chamada mudança de sexo.

Thalita passou pelo mesmo procedimento há cerca de 10 anos. 

De acordo com o médico, a cirurgia que ela faz nesta semana busca o “refinamento estético”. Já na operação do rosto o objetivo é mudar o osso da testa e o contorno dos maxilares, para que a estrutura facial fique mais suave. O médico ainda vai aproveitar a cirurgia para resolver um problema de desvio de septo da paciente.

Continua depois da publicidade

Ao g1 SC, a modelo contou que está com alta expectativa e um pouco nervosa, o que acredita fazer parte de qualquer cirurgia.

— Vai dar mais conexão com minha aura feminina. Por isso deixei nas mãos do melhor para conduzir esse novo projeto na minha vida — afirma a modelo.

O médico José Carlos Martins Júnior é especializado no atendimento de pessoas trans e ao lado de Cláudio Eduardo de Souza comanda a clínica Transgender Center Brazil, que fica no Garcia, em Blumenau.

Transsexual ou travesti? Entenda:

Leia também

Leia o especial: Priscila Diana, a primeira PM trans em Santa Catarina

Continua depois da publicidade

Primeira PM trans de SC deve ser indenizada e ter o cadastro alterado pela polícia, decide Justiça

Visibilidade trans: a luta de quem busca respeito e espaço em Santa Catarina

Travesti é assassinada a tiros no meio da rua na região Norte de Blumenau

Destaques do NSC Total