nsc
dc

Enxurrada

Moradores de áreas atingidas por temporal em SC devem ter atenção a movimentos de terra e rachaduras

Cidades do Vale do Itajaí foram mais afetadas pela forte chuva

17/12/2020 - 16h38 - Atualizada em: 17/12/2020 - 17h20

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
A cidade de Presidente Getúlio, no Vale, foi uma das mais atingidas pela enxurrada
A cidade de Presidente Getúlio, no Vale, foi uma das mais atingidas pela enxurrada
(Foto: )

Devido a chuva intensa que caiu em Santa Catarina e deixou ao menos sete pessoas mortas no Alto Vale do Itajaí desde a noite de quarta-feira (16), a Defesa Civil divulgou nesta quinta-feira (17) algumas recomendações de segurança à população, como, atenção a qualquer movimento de terra, inclinações de postes e de árvores próximo de suas casas, e cuidado com o aparecimento de rachaduras em muros ou paredes. As informações são do G1SC.

> Fotos e vídeos mostram estragos da chuva em Santa Catarina nesta quinta

As cidades mais afetadas por enxurradas e deslizamentos foram Presidente Getúlio, Rio do Sul, Apiúna e Ibirama, no Vale do Itajaí, e São José e Palhoça, na Grande Florianópolis, segundo balanço da Defesa Civil.

Presidente Getúlio, Vale do Itajaí
Presidente Getúlio, Vale do Itajaí
(Foto: )

No site da Defesa Civil as orientações são para que as pessoas busquem se abrigar longe de árvores ou postes de energia, em caso de tempestades com raios, e que aparelhos eletrônicos fiquem desligados. O órgão ainda recomendou se abrigar em banheiro de alvenaria durante os temporais. 

> “A situação em Presidente Getúlio é similar à do Morro do Baú em 2008”

> Enxurrada causa destruição e mortes em Presidente Getúlio

Ainda em alerta, a Defesa Civil informa que segue em alerta para risco de temporais, com queda de granizo e rajadas de vento até o final da noite de quinta no Estado. Novos alagamentos, enxurradas e deslizamentos pontuais podem ocorrer nas regiões de parte do Oeste, Norte e no Vale do Itajaí. 

Abrigos para as vítimas da enxurrada

Abrigos foram abertos para receber as vítimas da chuva em Presidente Getúlio e Ibirama, no Vale do Itajaí.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Em Ibirama, ao menos quatro famílias estavam abrigadas na Escola Municipal Christa Sedlacek na tarde desta quinta. Outras 16 se alojaram em casas de amigos e parentes. Estima-se que na região mais afetada, no Ribeirão das Pedras, 350 famílias foram atingidas direta ou indiretamente

> SC tem alerta para temporais, ventania e granizo nesta quinta-feira

Em Presidente Getúlio um abrigo foi montado no Salão Paroquial para atender quem estiver desabrigado. Ainda não foi divulgado o número de pessoas desalojadas na cidade.

Leia mais

Saiba como e onde fazer doações às pessoas atingidas pelo temporal em SC

Entenda por que a chuva foi tão intensa em Presidente Getúlio

Secretário Nacional de Defesa Civil vem a SC avaliar estragos causados pela enxurrada

Colunistas