nsc
santa

Despedida

Morte de homem atropelado pelo próprio carro em Blumenau causa comoção

Fabiano estava em casa quando acidente aconteceu

28/12/2021 - 11h38 - Atualizada em: 28/12/2021 - 20h27

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Fabiano tinha 45 anos e três filhos
Fabiano tinha 45 anos e três filhos
(Foto: )

Foi sepultado em Blumenau o homem que morreu atropelado pelo próprio carro na noite de domingo (26). O caso comoveu não só pessoas próximas a Fabiano Stimamiglio Ferreira, mas também quem nem chegou a conhecê-lo. Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a perda prematura e repentina.

> Receba notícias do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

O velório ocorreu nesta segunda-feira (27) na Igreja Evangélica de Confissão Luterana, no bairro Velha Central. No final da tarde, o enterro foi no cemitério do local. A despedida aconteceu também de forma virtual. Pelas redes sociais, amigos falaram sobre o luto:

“Hoje a gente perde nessa dimensão um exemplo de gentileza, generosidade, comprometimento, competência, superpai, filho, marido, colega, amigo. A partida do Fabiano Stimamiglio Ferreira nos pega despreparados e deixa um silêncio enorme na vida daqueles que tiveram a graça de compartilhar parte da jornada com ele. Vai em paz. Agora és estrela”, escreveu a amiga Raquel Sievert.

Fabiano, 45 anos, trabalhava em uma empresa de tecnologia da cidade, era casado e tinha três filhos, entre eles gêmeas. Na noite de domingo, foi prensado pelo próprio carro, que teria ficado com o freio de mão solto. Detalhes sobre o acidente não foram divulgados.

Orgulhoso dos filhos, o morador compartilhava momentos com a família nas redes sociais. Descrito como um pai, filho e companheiro exemplar, Fabiano colecionava amigos. Uma delas, Eliane Jaginski, escreveu no Facebook: “Não se tem palavras para descrever a dor da perda, ainda mais quando é um grande Amigo. Que Deus te receba de braços abertos nosso querido amigo Fabiano Stimamiglio Ferreira. Hoje o dia foi de muita muita tristeza, mas com certeza você ficará em nossas lembranças e sempre será lembrado pelo seu carinho e amizade”.

Fabiano teve politraumatismo, foi levado pelo Samu à unidade de saúde por volta da meia-noite de segunda-feira e morreu pouco antes das 3h. A Polícia Civil informou que abrirá inquérito para apurar o caso, procedimento padrão quando há morte violenta.

Leia também:

Calor acima da média marca verão em SC; entenda como será

Microexplosão causada por ciclone provocou estragos em SC, diz Epagri

Por que o Oeste de Santa Catarina "atrai" tantos tornados? Veja a explicação

Ciclone, vendaval, tempestade, tornado e tufão: entenda a diferença

Colunistas