nsc
hora_de_sc

Brutalidade

Mulher mantida em cárcere privado é resgatada após entregar bilhete de socorro à criança no Ceará

A vítima de 47 anos tem fibromialgia e ficou presa, sob ameaça, sem água, comida e sem acesso ao lado externo

20/10/2020 - 14h47 - Atualizada em: 20/10/2020 - 14h48

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Bilhete com a frase: "polícia, por favor, urgente" entrega por uma mulher mantida em cárcere privado
Bilhete foi entregue pela vítima para uma criança
(Foto: )

Uma mulher de 47 anos, mantida em cárcere privado, foi encontrada pela polícia no canteiro de obras de uma creche em construção, no Ceará, na última sexta-feira (16).

> Pai suspeito de abusar sexualmente de três filhos é preso em Indaial

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Segundo informações da Polícia Militar (PM) repassadas ao G1, eles foram acionados por um adulto que afirmava ter um bilhete, entregue por uma criança, com o pedido de ajuda de uma mulher que estava sendo mantida presa. No papel estava escrito: “Polícia, por favor, urgente”.

O companheiro da doméstica, de 33 anos, era vigia da obra e afirmou manter a mulher em cárcere por ciúmes. O suspeito foi preso em flagrante no local e encaminhado para a Delegacia Regional do Crato.

> Chile elimina lei que obrigava mulheres a esperar 270 dias para se casar após divórcio

> Homem chega em casa bêbado, reclama da comida, bate em mulher, e acaba preso em Blumenau

De acordo com a PM do Ceará, a mulher não tinha acesso ao lado externo, nem água e comida, e era obrigada a permanecer deitada em um espaço pequeno. A vítima foi encontrada em um local de apoio à construção, com muros e uma coberta improvisada.

A doméstica tem fibromialgia e, por isso, usava muletas e equipamento de proteção no pescoço. Segundo a PM, ela contou ter sido enforcada, agredida com chutes e ameaçada pelo companheiro com um pedaço de madeira.

> Gaslighting: entenda o abuso psicológico da série brasileira "Bom dia, Verônica"

Enquanto o suspeito foi levado à delegacia, a vítima foi encaminhada ao hospital. A polícia civil segue analisando o caso.

> Criança de 3 anos é torturada pela mãe por não saber dar descarga no banheiro em SC

Colunistas