nsc
dc

Inquérito concluído

Mulher é indiciada por agredir e matar sobrinho de dois anos no Oeste de SC

Caso ocorreu em Ponte Serrada; tia afirmou aos policiais que o menino havia caído da cama

26/04/2022 - 19h41

Compartilhe

Gabriela
Por Gabriela Ferrarez
Tia do menino já estava presa preventivamente
Tia do menino já estava presa preventivamente
(Foto: )

Uma mulher de 32 anos foi indiciada pela Polícia Civil por agredir e matar o sobrinho de dois anos em Ponte Serrada, no Oeste de Santa Catarina. O inquérito foi concluído nesta terça-feira (26). A tia do menino já estava presa preventivamente. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O caso ocorreu em 5 de março, quando a criança deu entrada no hospital com sinais de agressão, e a tia afirmou que ele havia caído da cama. A mulher relatou à Polícia Militar que estava em casa quando ouviu um barulho dentro da residência, e viu o menino caído no chão e com dificuldade para respirar. Como a tia estava com outras crianças no local, uma vizinha levou a vítima ao hospital.

Em depoimento aos policiais, a mulher disse que cuidava dos filhos da irmã, pois ela trabalhava em Brusque, no Vale do Itajaí.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Marcelo Tescke, a versão apresentada por um tio e a tia da vítima, responsáveis pelo menino, não eram compatíveis com as provas, que não mostravam machucados causados por uma queda. 

O inquérito foi encaminhado ao judiciário. 

Relembre o caso

O caso aconteceu no último sábado (5), quando polícia foi acionada para atender uma criança que teria dado entrada no hospital com sinais de agressão. O menino, de dois anos, sofreu uma parada cardiorrespiratória. Segundo a ocorrência, os médicos tentaram reanimá-la por cerca de 20 minutos.

Em depoimento à polícia, a mulher disse que era responsável pelas crianças e que a mãe trabalhava em Brusque, no Vale do Itajaí. Quatro menores foram retirados da mulher.

Leia também

Mulher leva marteladas na cabeça em Dionísio Cerqueira; marido é suspeito pelo crime

Jovem é encontrada morta seminua em rua de Itapema

Mulher é morta a facadas em Rio do Sul após terminar relacionamento, diz polícia

Colunistas