nsc
hora_de_sc

Sul da Ilha

"O mar não recua", alerta Defesa Civil após piora da erosão no Morro das Pedras em Florianópolis

Força das ondas aumenta área atingida e coloca em risco vida de moradores

08/06/2021 - 17h35 - Atualizada em: 08/06/2021 - 18h55

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Praia desapareceu com avanço do mar
Praia desapareceu com avanço do mar
(Foto: )

O mar voltou a ficar agitado em Florianópolis nesta terça-feira (8), e as ondas ainda estouram próximo das casas no Morro das Pedras, no Sul da Ilha, encobrindo parte da contenção erguida provisoriamente pelos moradores para reduzir os riscos de desabamento. O total de propriedades notificadas em duas semanas chega a 14, segundo a Defesa Civil municipal. A previsão de ressaca e maré alta a partir desta quarta (9) é encarada pelo órgão com preocupação.

> "A casa treme toda vez que a onda bate", desabafa moradora após erosão no Morro das Pedras, em Florianópolis

O gerente de Operação e Assistência da Defesa Civil de Florianópolis, Alexandre Vieira, esteve novamente no bairro nesta terça e avaliou a região como "vulnerável", por conta do avanço das águas marinhas, mesmo sem registros de ressaca ou de elevação do nível do mar junto à costa (empilhamento de água).

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

- O mar não recua, continua batendo na proteção feita pelos moradores, que dissipa um pouco das energias da onda, mas acaba causando danos. A onda é forte, e a estrutura fica trabalhando 24 horas por dia - reflete Vieira, aflito.

Erosão avança e área atingida chega a 550 metros
Erosão avança e área atingida chega a 550 metros
(Foto: )

Segundo Vieira, o processo de erosão também avançou sobre a área e passou de 400 metros para 550 metros. Além disso, a estrutura que mantém as casas baixou cerca de um metro em menos de cinco dias:

- Hoje foi colocado um metro de sedimento. Ou seja, entre 60 cm a 80 cm de areia foi de sexta (4) até aqui. Parte da areia que ainda era vista na semana passada hoje não se conseguia ver.

> Farmácia de Florianópolis é alvo de apreensão de remédios controlados vendidos sem receita

Ressaca, ventos fortes e chuva volumosa

Há risco de ressaca, empilhamento de água e maré astronômica acompanhadas de fortes ventos a partir desta quarta-feira (9) para a Grande Florianópolis. A previsão deixa em alerta todos os moradores do Morro das Pedras, que podem enfrentar ondas ainda mais fortes nas próximas horas. A Defesa Civil continua no monitoramento da área.

Leia também

Erosão no Morro das Pedras: fotos impressionantes mostram destruição em praia de Florianópolis

SC tem calendário para vacinação contra Covid por idade; veja quando será a sua vez

Médicos de SC serão alertados pelo Estado sobre agravamento da pandemia

Só querem Pfizer: recusa de vacinas em Balneário Camboriú acende alerta

Colunistas