nsc
dc

Tech

O que é metaverso? Veja como entrar

Realidade paralela necessita de equipamentos específicos para que as pessoas possam participar

26/04/2022 - 08h49

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
Realidade virtual já pode ser experenciada em diversos lugares
Realidade virtual já pode ser experenciada em diversos lugares
(Foto: )

Com a evolução da tecnologia, o mundo virtual está fazendo cada vez mais parte do mundo real. O metaverso é um deste exemplos. Um universo que ultrapassa as barreiras da realidade faz com que as pessoas possam se conectar também no mundo virtual. Mas, afinal, o que de fato é o metaverso e como ele está mudando o mundo?

> Compartilhe essa notícia no WhatsApp

Empresas já estão se movimentando para criar universos paralelos para pessoas conhecerem e viverem a experiência do digital. O metaverso é uma realidade imersiva em 3D, um universo tridimensional parecido com o mundo real, utilizando apenas tecnologia.

O que é metaverso

O metaverso é uma espécie de nova camada da realidade que integra os mundos real e virtual. Na prática, é um ambiente virtual imersivo construído por meio de diversas tecnologias, como Realidade Virtual, Realidade Aumentada e hologramas.

Nesta realidade paralela, mas que ainda não é totalmente real, as pessoas podem interagir umas com as outras, trabalhar, estudar e ter uma vida social por meio de seus avatares (bonecos virtuais customizados) 3D. Ou seja, o objetivo é que pessoas não sejam apenas observadores do virtual, mas façam parte dele.

Como entrar no metaverso

Os itens indispensáveis e extramemente necessários para entrar no metaverso são:

  • Internet estável
  • Óculos de realidade aumentada
  • Joystics
  • Blockchain, criptomoedas e NFTs

Para entrar no metaverso é necessário estar em um local com internet estável. Estudiosos explicam que com a polarização do 5G, este processo de conexão para estar no mundo virtual deve ficar mais fácil.

Isso porque, a conexão mais rápida faz com que a transparência dos dados fique maior e mais realístico. Então é essencial para estar “do outro lado”. No entanto, este tipo de infraestrutura online já existe há algum tempo. Os primeiros testes foram feitos para que pessoas pudessem conhecer e navegar por lojas virtuais.

Além da internet com uma boa conexão, também é necessário ter um óculos de realidade aumentada, para conseguir vivenciar a experiência imersiva. Algumas pessoas utilizam este tipo de equipamento para participar de jogos, como é o caso do Fortnite.

Ainda com inspiração nos jogos, para fazer parte do metaverso, também são necessários utilizar joysticks. Eles permitem que o jogador interaja com o universo que aparece na tela, tornando as coisas do mundo virtual “palpáveis”.

Junto com o mundo virtual, também passam a fazer parte outras formas de pagamento, que não mais o dinheiro de papel e cartões de crédito. Dentro do metaverso, a blockchain (banco de dados público e descentralizado), as criptomoedas e os NFTs (sigla em inglês para tokens não fungíveis) também dão suporte para este mundo. Por meio delas, é possível movimentar valores e realizar o registro de propriedades virtuais.

Pessoas podem interagir no metaverso
Pessoas podem interagir no metaverso
(Foto: )

> Empresas falam sobre como usar metaverso nos negócios

Empresas que apostam no metaverso

O Facebook é uma das empresas que entraram de cabeça nessa nova onda do universo paralelo. A Nvidia também. A empresa anunciou em agosto de 2021 o NVIDIA Omniverse, uma plataforma colaborativa de simulação. Nela, designers, artistas e outros profissionais podem trabalhar juntos na construção de metaversos.

Já a Microsoft colocou no mercado uma plataforma chamada Mesh, que permite a realização de reuniões com hologramas. Também criou avatares 3D para o Teams, sua ferramenta de comunicação.

Em novembro do mesmo ano, a Nike criou a Nikeland, uma plataforma dentro do game Roblox. Já em dezembro, a empresa adquiriu uma startup especializada em NFTs de moda.

E não são apenas empresas estrangeiras que apostam nesse mercado. O Banco do Brasil também entrou neste mercado e lançou no fim de 2021 uma experiência virtual dentro do servidor do jogo GTA. Lá, o jogador pode abrir na instituição bancária uma conta para seu personagem.

Metaverso no BBB

Depois de Boninho surgir no gramado do BBB 22 os participantes ganharam recompensas referentes aos programas da nova grade da TV Globo. Representando o pilar dos Realities, Arthur Aguiar ganhou um momento de experiência no Metaverso, com direito a um acompanhante.

O ator escolheu o companheiro de jogo, Paulo André, para participar da experiência imersiva. Em um local diferente da casa, os dois participaram de um jogo com duração de um minuto, onde tiveram a oportunidade de ver a vista do “metaverso BBB” de cima.

Eles precisavam destruir um ser maligno, que estava prestar a acabar com aquele “plano” caso nada fosse feito. No jogo eles precisam se abaixar para passar por dentro de uma abertura no elevador e sair do local. Além de andar por um parapeito falso, sem cair.

> Meta, Microsoft e Disney: o futuro do Metaverso

Veja o vídeo do Metaverso BBB

Confira os melhores horários para postar no Instagram

Você também pode querer ler

Como o Blockchain está ajudando na proteção ambiental

Qual streaming tem o filme ou a série? Veja como pesquisar

Windows 11: tudo sobre o novo sistema operacional da Microsoft

Quais os melhores horários para postar no Instagram

Colunistas