nsc
nsc

Revolução

O que esperar da tecnologia para a área de segurança?

Conheça as principais tendências de inovação que vão revolucionar a segurança com o apoio e avanço tecnológico

26/01/2022 - 07h28 - Atualizada em: 28/01/2022 - 08h06

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
câmera intelbras
De câmeras que detectam movimentos suspeitos à medição de proximidade, a tecnologia de segurança avança no mercado
(Foto: )

A Inteligência Artificial tem ganhado cada vez mais espaço através de recursos modernos com altíssimo poder de precisão. Embora o termo seja bastante atrelado ao universo científico e a robôs de última geração, a IA está mais perto do que se imagina. TVs, relógios, caixas de som, lâmpadas e celulares são apenas alguns dos dispositivos inteligentes que já fazem parte da realidade de milhares de pessoas em todo o mundo. Entretanto, outros segmentos já se beneficiam com os avanços da tecnologia: Saúde, Agricultura, Indústria e, claro, Segurança.

> Tecnologia do presente: Veja como a inteligência artificial vem transformando o dia a dia das empresas

Estar em segurança é uma necessidade fisiológica comum a todos os seres humanos. Proteger a integridade física, principalmente nos dias atuais, exige recursos mais sofisticados. Afinal, da mesma forma que as soluções evoluem, novos riscos podem surgir também. A saída, então, é contar com sistemas de monitoramento completos.

Conheça 5 recursos tecnológicos que tem contribuído com a segurança no dia a dia:

Detecção de atitudes suspeitas

Um bom sistema de monitoramento não capta apenas crimes em flagrante. É preciso detectar atitudes suspeitas também. A Intelbras, empresa brasileira desenvolvedora de tecnologias com 45 anos de história, desenvolveu a Linha Future, que é integrada a circuito fechado de televisão e conta com câmeras que são capazes de analisar o ambiente para compreender a rotina do local. 

Como o sistema reconhece determinadas situações atípicas e alerta a equipe de segurança de forma imediata, é possível realizar análises preditivas, garantindo a tomada de ações preventivas em um monitoramento constante, sem perda de qualidade.

Com isso, alguns comportamentos detectados como anormais em locais abertos ou fechados são prontamente captado pelo dispositivo, que atua acionando a equipe responsável pela segurança do local. Um indivíduo posicionado em frente a uma agência bancária, observando a entrada, por exemplo, pode ser interpretado como uma ameaça potencial. O mesmo acontece com pessoas que circulam de forma suspeita perto de caixas eletrônicos, estacionamentos ou até mesmo áreas restritas em empresas públicas ou privadas.

Inteligência perimetral

Alguns locais exigem vigilância refinada, com alto nível de resolução de imagens e capacidade de ação. A inteligência perimetral é um dos recursos de IA que permite identificar, categorizar e classificar os diferentes elementos presentes no local e filtrar ocorrências, apontando o que merece atenção e ignorando o que não representa risco. 

Os dispositivos da Intelbras são munidos de câmeras móveis com zoom superpotentes, que podem ser conectados a radares que atuam com rastreamento inteligente. Com elas, a tarefa de diferenciar objetos, veículos, pessoas e animais ficou mais fácil, pois as condições climáticas ou a falta absoluta de luz não interferem na análise do radar.

> Internet das coisas: Saiba como tornar a sua casa inteligente e conectada

Além disso, as câmeras oferecem a função de desenhar uma linha virtual na imagem captada, como uma barreira virtual. Caso alguém ultrapasse esse limite, o movimento é imediatamente reportado à equipe de segurança. Por se tratar de um sistema super tecnológico, é a solução ideal para ambientes abertos como em condomínios, aeroportos, instalações governamentais, universidades e até em áreas externas de empresas.

Detecção de violência

Locais que recebem um grande fluxo de pessoas estão expostos às mais diversas situações. Infelizmente, a violência é uma delas. Quando o assunto é controlar a segurança do público em espaços de eventos, escolas, universidades e estádios, contar com um sistema de monitoramento inteligente é essencial.

Diferente dos dispositivos tradicionais, que dependem da ação humana para filtrar comportamentos criminosos, os dispositivos da Intelbras são capazes de identificar atitudes violentas de forma ágil, gerando alertas instantâneos para conter a situação.

Detecção de queda

A Inteligência Artificial em sistemas de vigilância não contribui apenas para identificar atitudes suspeitas, mas também para preservar a saúde física. A função de detecção de quedas, presente em alguns dispositivos da Intelbras, é excelente para prevenir acidentes graves e para acionar uma equipe médica sem demora, reduzindo, assim, os danos gerados na queda. É ideal para casas de repouso, residências privadas com moradores idosos e até para ambientes de trabalho, como na construção civil ou no transporte de cargas.

Medição de proximidade entre pessoas

Como fiscalizar a proximidade entre pessoas quando ela oferece riscos à saúde? A pandemia causada pelo covid-19, por exemplo, reforçou a necessidade de distanciamento e de controle de aglomerações. Entretanto, a inspeção humana e os sistemas de monitoramento tradicionais podem falhar. 

> O que vai mudar com a nova conexão 5G?

Com câmeras de lente dupla que captam imagens tridimensionais, conectados à inteligência artificial em mecanismo de vigilância, é possível monitorar a distância entre pessoas e emitir alertas caso a proximidade se torne perigosa.

Para saber mais sobre inteligência artificial em sistemas de monitoramento e garantir a segurança do seu lar ou empresa, fale com a Intelbras!

Conheça todas as soluções de IP da Intelbras clicando aqui.

Fique por dentro das novidades do setor de tecnologia acessando o canal Dia a dia com Intelbras no NSC Total.

Leia também

Intelbras Itec oferece mais de 600 cursos profissionalizantes totalmente gratuitos

Vai sair de férias? Saiba como deixar sua casa protegida para viajar com tranquilidade

Colunistas