nsc
hora_de_sc

Solteiro ou namorando?

O que fazer no Dia dos Namorados

Se você tem um mozão ou não tem, veja algumas dicas do que fazer no dia 12 de junho

11/06/2021 - 04h00 - Atualizada em: 11/06/2021 - 07h59

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Dia dos Namorados: a troca de presentes é uma tradição
De troca de presentes a reuniões divertidas, não deixe o Dia dos Namorados passar em branco
(Foto: )

O que fazer no Dia dos Namorados é sempre um dilema. E neste ano cai num sábado, aí a dúvida é maior ainda. Quem tem um companheiro quer um programa diferente pra celebrar o amor. Quem não tem também pode e deve se divertir e se distrair do mesmo jeito. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Afinal, o 12 de Junho é apenas mais uma data no calendário para incentivar o consumo, a troca de presentes e o investimento pra que o dia seja especial. Então, ainda dá tempo pra você planejar como será o seu Dia dos Namorados. Aproveite as sugestões e inspirações, dê o seu toque de criatividade e curta a dois ou em turma.  

Vale lembrar que no Brasil, os casais apaixonados comemoram a data em 12 de junho, mas em outros países, o 14 de fevereiro (Dia de São Valentim, em inglês: Valentine’s Day) é o dia das mensagens carinhosas, saidinhas românticas, presentes em forma de flores e chocolates e jantares descolados à luz de velas. 

Nos Estados Unidos, por exemplo, a tradição é bastante levada a sério. E ampliada. Lá é comum o amor entre familiares e amigos ser celebrado na mesma data. Por causa desconhecida, o Dia de São Valentim não pegou, não caiu no gosto dos brasileiros. Foi, então, que surgiu um comercial publicitário relacionado à comemoração do amor. 

O Dia dos Namorados em 12 de Junho ocorre nesta data por ser véspera do dia de Santo Antônio, o casamenteiro. Desde a década de 50, o amor é celebrado, principalmente, numa noite antes da distribuição dos pãezinhos de Santo Antônio nas igrejas católicas. 

O amor é celebrado, principalmente, numa noite antes da distribuição dos pãezinhos de Santo Antônio nas igrejas católicas
O amor é celebrado, principalmente, numa noite antes da distribuição dos pãezinhos de Santo Antônio nas igrejas católicas
(Foto: )

Independentemente da crença ou não de que o santo faz milagres pra juntar pessoas que se amam, separamos aqui algumas sugestões para o Dia dos Namorados não passar em branco. Veja o que mais cabe no seu bolso, lembre-se da sagurança pra saúde - a Pandemia do Coronavírus não acabou - e o que mais tem chance pra agradar você.

7 dicas do que fazer no Dia dos Namorados? 

1 Café da manhã romântico

Casais e solteiros que moram na mesma casa podem começar a celebrar a data logo de manhã. Já que compartilham o mesmo espaço e a tendência é estar friozinho, um café bem completo e caprichado servido na cama esquenta os corações.

O romantismo pode ser demonstrado com flores na bandeja, uma foto do par juntinho ou algum item que o companheiro adora, mas nem sempre come. Coloque tanto doces, quanto salgados. Bebidas achocolatadas, sucos e yogurte também caem bem. 

Pães variados, geleias, manteiga, biscoitos e pequenas porções de frutas frescas complementam o cardápio de opções. Uma mensagem escrita a mão também ajuda a abrir o apetite de modo caloroso. 

Coloque tudo numa cesta rústica ou bandeja e ponha uma música em volume não muito alto tocando na hora de despertar a pessoa amada. Desfrutem juntos as delícias. 

> Dia dos Namorados: paciente e funcionária contam como se apaixonaram durante tratamento em Joinville

2 Trilha carinhosa

Se você já brincou de trilha ou caça ao tesouro na infância vai lembrar direitinho como fazer isso. Basta escrever diversos bilhetes de amor e colocar estrategicamente pela casa toda. O seu parceiro terá que abrir uma a uma, de forma que vá completando um circuito de dicas de como chegar no destino certo. Enquanto vai lendo suas declarações. 

Pode juntar a estas mensagens, fotos de vocês dois ou outros agrados como amostras de perfumes, peças de lingeries e o que mais sua imaginação permitir. A cada cômodo, mais surpresas. Você decide se a trilha deve ser percorrida ao longo do dia ou se de uma vez só, mais à noite. 

Nas últimas mensagens do circuito, coloque o convite para juntos assistirem a um filme, se possível o mais romântico possível. Ou pra ver aquela série que vocês estão maratonando juntos faz um tempão. 

Prepare o sofá de forma aconchegante e se o clima permitir, com uma mantinha leve, mas quente. Pronto! É só abrir um bom vinho que combine com pipoca e a noite de amor será inesquecível.

Linha do tempo do amor: veja curiosidades e fatos marcantes da história dos relacionamentos afetivos

3 Hotel: diário de uma paixão

Você conhece alguém que não gosta de se hospedar num hotel fino ou numa pousada aconchegante a dois? Se seu parceiro não um profissional que viaja muito, esse programa tem tudo pra agradar. Faça uma reserva por uma noite. Nem que for na mesma cidade onde os dois ou um de vocês vive. 

Vale a pena gastar um pouco mais e pagar uma suíte com banheira de hidromassagem, sais de banho e difusores de aromas. Procure se há alguma promoção alusiva ao Dia dos Namorados. Geralmente os hotéis preparam atrações diferenciadas, como decoração específica, jantar servido no quarto e bebidas como espumantes de cortesia. 

Prefira os estabelecimentos que incluem um farto e delicioso café da manhã no dia seguinte. A maioria dos locais que recebem turistas estão adotando todas as restrições impostas pela Pandemia do Coronavírus, mas nunca é demais checar sobre isso também.  

4 Reunião da turma entre amigas no Dia dos Namorados

Reunião de turma entre amigas no dia dos namorados
Reunião de turma entre amigas no dia dos namorados
(Foto: )

A quarta dica vai pro tradicional jantar de Dia dos Namorados, mas aqui a novidade é que este é só pras solteiras. Nada de providenciar a comida via delivery. O preparo em grupo é mais divertido. Sempre tem uma que cozinha melhor que a outra. E quem não for para o fogão ganha a louça pra lavar. 

> Dia dos namorados e isolamento social: nem sempre o amor e o contato físico andaram juntos

A mesa também deve ser preparada com esmero. Com talheres, pratos e demais louças bem bonitos. Coloque velas em candelabros, mas cuidado pra não usar aquelas cheirosas. O aroma pode "brigar" com o sabor dos alimentos servidos. 

Na pauta da noite, podem ser feitas brincadeiras, com cada uma contando seus casos românticos e porque deram certo num determinado período da vida ou não. Uma outra forma de animar a noite é brincar de mímica de nomes de filmes. Enquanto a comida fica pronta ou depois do jantar, divida a turma em dois grupos pra esta diversão.

Falando em cinema, com a ajuda da tecnologia e as mil possibilidades de streamings, boa pedida é assistir a um filme juntas. Se for comédia, a noite fica ainda mais interessante. 

> Confira opções para celebrar o Dia dos Namorados em SC na quarentena

5 Presentes, mimos e lembranças

A troca de presentes no Dia dos Namorados nunca sai de moda. Não importa o que for, pode ser algo feito na base do "faça você mesmo", que tem até maior valor afetivo ou um objeto de desejo. 

Talvez seja um pouco tarde pra comprar via internet - vai que o dito cujo não chegue a tempo - mas as lojas ficam abertas até mais tarde pensando na passagem da data. 

Se a cara-metade mora longe, contrate um aplicativo de entrega. Se forem se ver pessoalmente, deixe pra dar o presente no momento do encontro. Neste tema, a criatividade faz toda a diferença. Já pensou receber uma playlist com músicas que fazem o casal lembrar do amor que os une? Faça a seleção e grave num pendrive, por exemplo. 

> Recorde de frio em SC: confira as menores temperaturas registradas na história

Também pode ser romântico presentear com um bolo bem lindo, feito especialmente com os ingredientes que a pessoa mais gosta. Ou uma caixa de bombons personalizados. 

Quem sabe brigadeiros de vários sabores ou cupcakes confeitados e temáticos. Por exemplo, se vocês dois gostam de cachorros, andar de bicicletas, surf e montanhas. Cada um deles pode ser decorado com um desses itens. Tenha certeza que vai dar dó de comer. 

Não tenha medo de errar, escolhendo aquelas lembranças mais manjadas. Porta-retratos, canecas, fronhas com as fotos de vocês estampadas sempre agradam quem está amando alguém.   

6 Aulas apaixonantes

Qualquer relacionamento deve ter como um dos prazeres o aprendizado mútuo. É tão bom aprenda com quem se gosta. Você pode aproveitar o Dia dos Namorados para isso. Sempre há algo que um sabe e que o outro ainda não tenha tido a oportunidade de aprender ou se aperfeiçoar.  

Não hesite em pedir. Quer aprender a dirigir? Procure um lugar seguro e tente. Começar a ter as primeira noções de uma língua estrangeira? O fato de trocarem conhecimentos só faz cada um crescer mais como pessoa. Além de estreitar a relação por causa de mais um vínculo. 

E até é uma diversão. Pense numa partida de xadrez ou algum esporte que um domina e o outro não. Andar a cavalo, pilotar moto, costurar, pintar... Vale tudo na hora de compartilhar o que se sabe. 

Pense numa partida de xadrez ou algum esporte que um domina e o outro não
Pense numa partida de xadrez ou algum esporte que um domina e o outro não
(Foto: )

7 Saia da mesmice

Vocês sempre vão a restaurantes. Viagens, já fizeram várias. Trocas de presentes têm sido recorrentes. Não estão muito a fim de ficar em casa. Filmes e brincadeiras não estão chamando atenção. Então, que tal sair e passar algumas horas do sábado em que se comemora o Dia dos Namorados num lugar diferente e inusitado?

Estes momentos ficam na memória. Vivenciar algumas horas num parque de diversões, por exemplo. Pode ser aqueles mais simples que têm a boa e velha roda gigante, os carrinhos que batem e o trem fantasma. Vai render boas risadas. Estando em Santa Catarina, o Parque Beto Carrero é uma alternativa. Mas certifique-se quanto aos detalhes do funcionamento.

Já viram o pôr do sol juntos? Experimentem esta sensação de paz. E feliz Dia dos Namorados!

Leia também

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Caso Evandro: o que aconteceu e as teorias do crime da série na Globoplay

O que são as variantes do coronavírus e como elas impactam Santa Catarina

Neve em Santa Catarina: saiba em quais cidades é possível ver o fenômeno

Colunistas