nsc
santa

BCéMAIS

Obra de recuperação da orla de Balneário Camboriú vai criar uma nova Praia Central

Trabalho faz parte de reestruturação da cidade que tem como foco a retomada econômica; orla da Praia Central deve aumentar 45 metros

21/07/2021 - 12h38 - Atualizada em: 23/07/2021 - 10h42

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Obra de recuperação da faixa de areia da Praia Central está próxima da conclusão
Obra de recuperação da faixa de areia da Praia Central está próxima da conclusão
(Foto: )

A Prefeitura de Balneário Camboriú está perto de completar uma obra estrutural esperada há décadas na cidade: a recuperação da faixa de areia da Praia Central, principal cartão-postal da Capital Catarinense do Turismo, que completa 57 anos nesta semana. As tubulações que trarão a areia nova para a orla da praia já estão prontas para serem posicionadas no mar. 

> Balneário Camboriú chega aos 57 anos com praias limpas

Também já chegou à cidade o primeiro dos três rebocadores que posicionarão as linhas de tubos. Este primeiro rebocador, modelo “Multi Cat” DN38, veio da Argentina e tem uma tripulação especializada neste tipo de operação, além de “munck” (guincho) de alta capacidade. O segundo rebocador também já chegou e está atracado em Itajaí. O terceiro virá de Paranaguá-PR.

A soldagem dos tubos na areia da praia foi completada e as linhas pressurizadas. Também a sinalização marítima está sendo feita para evitar navegação no local durante o processo de colocação das linhas. As condições de ondulação e correntes marítimas são determinantes para o início do trabalho no mar. A operação tem que ser feita com mar calmo já que as linhas serão posicionadas flutuando, só sendo afundadas ao final da operação.

Orla de Balneário Camboriú em obras para nova Praia Central
Orla de Balneário Camboriú em obras para nova Praia Central
(Foto: )

Segundo a administração municipal, esta é uma obra especial para Balneário Camboriú e vem num momento de reestruturação da cidade, período em que ela se prepara para quando vier a retomada da economia. É uma obra de proteção ambiental que vai permitir, além da preservação da orla contra o avanço das marés, a criação de espaços privilegiados para moradores e visitantes.

> Verão, festas e pandemia: cinco perguntas para o prefeito de Balneário Camboriú

A primeira linha que vai ser posicionada é a que mede 1,1 Km e está no canteiro de obras que vai da Rua 2500 até a Rua 3700. Ela já teve as duas pontas fechadas e será empurrada para o mar por tratores. A previsão é que tenha início esta movimentação ainda esta semana. Uma vez no mar, uma das pontas será amarrada a cabos de aço, então, e puxada pelos rebocadores para o fundo da enseada, além da Ilha das Cabras. Esta operação é feita com a tubulação flutuando.

A segunda linha, esta de 700 metros, que está no canteiro da parte Norte da praia, também teve as duas pontas tampadas, e será empurrada até o mar e puxada por uma das pontas, flutuando, para além da Ilha das Cabras onde será acoplada à primeira linha, formando, então, uma única linha que vai da praia, na altura da Rua 3300, até o fundo da enseada.

Administração municipal se prepara para ela se prepara para a retomada da economia
Administração municipal se prepara para a retomada da economia
(Foto: )

> Balneário Camboriú prepara Réveillon com queima de fogos para o “verão dos vacinados”

Numa terceira operação, uma tubulação flexível de borracha será ligada à ponta dentro do mar e a tubulação de ferro será afundada. A esta ponta flexível e flutuante será acoplado o equipamento que fará a ligação da tubulação à draga, quando esta chegar à cidade, o que deverá ocorrer até o final de agosto. Então começará o preenchimento da praia, que vai aumentar a orla dos atuais, em média 25 metros, para 70, criando a nova Praia Central de Balneário Camboriú.

Veja mais iniciativas da Prefeitura de Balneário Camboriú no canal BCéMAIS.

Leia também

Como será construído o túnel subaquático que ligará Itajaí e Navegantes

Atlântida Mil Grau fala sobre jovens que ficaram presos em ilha de Balneário Camboriú

Balneário Camboriú é a única cidade de SC em ranking de saneamento

Colunistas