nsc
dc

Benefício

Pagamento do Pis/Pasep de 2020 é adiado para 2022

Normalmente o benefício seria pago no segundo semestre de 2021, mas mudança no calendário atrasou o pagamento

25/03/2021 - 11h06 - Atualizada em: 25/03/2021 - 11h09

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Aqueles que trabalharam pelo menos um mês em 2020 têm direito ao abono salarial
Aqueles que trabalharam em 2020 têm direito ao abono salarial
(Foto: )

O pagamento do abono salarial referente ao ano-base 2020 foi adiado para 2022. Normalmente o benefício trabalhista é pago no segundo semestre do ano seguinte. Ou seja, a quantia referente a 2020 seria paga a partir de julho de 2021. 

​> Saque do Pis/Pasep 2020/2021 pode ser realizado até 30 de junho

> Quer receber notícias do NSC Total no WhatsApp? Inscreva-se aqui

A decisão de mudança no calendário foi tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que aprovou resolução e modificou o pagamento do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

As datas de pagamento, que obedecem o mês de nascimento do trabalhador, no caso do PIS, ou o dígito final da inscrição do servidor público, no caso do Pasep, serão divulgadas apenas em 2022.

Os empregadores poderão enviar as documentações exigidas pelo programa a partir de outubro de 2021 e a lista de beneficiários será concluída no próximo ano para posterior divulgação do calendário.

> Saiba como consultar o Pis/Pasep 2021 pela internet

> Veja a lista de documentos necessários para fazer a declaração do Imposto de Renda 2021

Segundo o Ministério da Economia, a Controladoria-Geral da União (CGU) recomendou o pagamento de todos os beneficiários dentro do mesmo ano, por conta de problemas com restos a pagar. Por isso, a partir de 2022, o pagamento do abono salarial começará sempre no primeiro semestre do ano.

Com o adiamento do pagamento do abono do segundo semestre de 2021 para o primeiro semestre de 2022, a União terá uma economia de R$ 7,45 bilhões neste ano.

Quem tem direito ao abono salarial

Têm direito ao abono aalarial a ser pago em 2022 os trabalhadores que atendem simultaneamente às seguintes condições:

• Estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos; • Ter recebido de empregador contribuinte do PIS/PASEP (inscrito sob CNPJ) remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante 2020; • Ter exercido atividade remunerada, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, em 2020; • Ter seus dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2020 a ser enviado pelo Ministério da Economia.

> Confira as regras do Imposto de Renda 2021

Abono salarial de 2019

O pagamento do abono salarial ano-base 2019 começou em julho de 2020 e terminou no dia 11 de fevereiro. Quem ainda não fez a retirada tem até 30 de junho para sacar o dinheiro. Após esse prazo, os recursos voltam para a conta do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

*Com supervisão de Raquel Vieira

Leia também

Auxílio de R$ 300 em SC deve ter ajuda do Estado, diz deputado

O que é bitcoin? Conheça a criptomoeda e quais os riscos de investir

Pesquisadores da UFSC contestam a tese do “pleno emprego” em Santa Catarina

Colunistas