nsc
dc

Prato Nosso

Por que comemos pouco peixe no Brasil e em SC?

O pescado é a 4ª proteína animal mais consumida no país, ficando atrás da carne bovina, frango e suínos; no mundo, o peixe está em 1º lugar

01/04/2021 - 06h00 - Atualizada em: 20/04/2021 - 11h29

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Mueller
Apesar de o peixe ter se tornado mais comum no prato dos brasileiros durante a pandemia, a média de consumo no Brasil ainda é baixa
Apesar de o peixe ter se tornado mais comum no prato dos brasileiros durante a pandemia, a média de consumo no Brasil ainda é baixa
(Foto: )

Com as carnes e ovos caros, o peixe se tornou uma opção cada vez mais atrativa e saudável para os consumidores. Em 2020, o pescado foi a proteína animal que mais se manteve estável em relação ao preço, registrando inclusive queda no valor em alguns meses, como em setembro (-0,13%) e outubro (-0,16%), segundo dados do IBGE.  

> Preço da água mineral pode subir até 20% em SC; saiba o motivo

Apesar de o peixe ter se tornado mais comum no prato dos brasileiros durante a pandemia, a média de consumo no Brasil ainda é baixa. Ele é a 4ª proteína animal mais consumida no país, ficando atrás da carne bovina, frango e suínos. Já no mundo, o peixe está em 1º lugar.  

Entenda no vídeo por que o brasileiro come menos peixe do que a média mundial e os investimentos que Santa Catarina tem feito para tornar o pescado cada vez mais acessível ao consumidor:

Leia também:

Por que a carne bovina está tão cara em 2021?

Entenda por que o consumo de ovos cresce tanto no Brasil

Frango ou carne bovina: qual é a melhor opção?

Quais alimentos podem ajudar a regular o nível do colesterol

Colunistas