nsc
hora_de_sc

Atenção

Princípio de incêndio atinge Mercado Público de Florianópolis; susto lembrou caso de 2005

Suspeita é de que fogo tenha começado em uma fritadeira, assim como o grande incêndio que atingiu o local há 16 anos

15/10/2021 - 15h17

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Cozinha foi danificada após princípio de incêndio
Cozinha foi danificada após princípio de incêndio
(Foto: )

Um princípio de incêndio atingiu o Mercado Público de Florianópolis no final da manhã desta sexta-feira (15). A suspeita é que o fogo tenha começado em uma fritadeira. Dois brigadistas do local combateram as chamas com extintores antes da chegada do Corpo de Bombeiros. Ninguém ficou ferido. A origem do susto lembrou o incêndio que atingiu o Mercado em 2005, destruindo a Ala Norte.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O princípio do fogo nesta sexta aconteceu em um restaurante do vão central do Mercado Público. A cozinha fica localizada em um mezanino, com o acesso por uma escada estreita. Durante a preparação do almoço, a fritadeira foi ligada e deixada sem supervisão. Quando funcionários retornaram ao local, o fogo estava se propagando para o forro.

A suspeita é de que o óleo da fritadeira superaqueceu e entrou em combustão. Segundo o Comandante de Área da Grande Florianópolis do Corpo de Bombeiros, Tenente De Paula, esses equipamentos precisam ter um termostato, que desliga a fritadeira a partir de determinada temperatura, mas muitas vezes essas ferramentas não funcionam.

Quando o fogo foi detectado dois brigadistas que ficam no Mercado Público foram acionados e começaram o combate das chamas com extintores antes da chegada do Corpo de Bombeiros. A cozinha do restaurante teve danos, assim como o forro do local. O espaço foi interditado e passará por perícia para confirmar a causa do incêndio. 

> Opinião: Mercado Público de Florianópolis exige gestão privada

O susto lembrou o grande incêndio que destruiu a Ala Norte do Mercado Público em 2005. Na ocasião, o fogo começou com a explosão de uma fritadeira. Dessa vez, apesar da mesma origem, não houve uma grande explosão e as chamas foram combatidas antes de gerarem dados maiores.

Cozinha que pegou fogo no Mercado Público
Cozinha que pegou fogo no Mercado Público
(Foto: )

Mercado Público quase foi interditado em setembro

Em setembro, o Ministério Público de Santa Catarina recomendou a interdição do Mercado Público por falta de segurança contra incêndio, falta de manutenção no telhado retrátil e em outras estruturas. A prefeitura da Capital contratou uma empresa para fazer as adaptações emergenciais e conseguiu o alvará dos Bombeiros.

> MP recomenda interdição do Mercado Público de Florianópolis por falta de segurança

Segundo De Paula, a manutenção dos extintores e de outros equipamentos preventivos do Mercado foi essencial para o combate do princípio de incêndio desta sexta-feira (15).

Leia também

Café destruído por carro em shopping era ponto de encontro de amigos em Florianópolis

Moradores de Florianópolis denunciam cratera às margens da SC-401

Prédio centenário no Centro de Florianópolis será nova sede de órgão do Estado

Colunistas