nsc
dc

SERIAL KILLER DE GOIÁS

O que tinha na mochila de Lázaro Barbosa

Assassino em série foi morto a tiros pela polícia em confronto

29/06/2021 - 08h13 - Atualizada em: 29/06/2021 - 11h03

Compartilhe

Por Giulia Machado
Objetos encontrados na mochila que ele carregava
Objetos encontrados na mochila que ele carregava
(Foto: )

O assassino em série Lázaro Barbosa, 32, foragido há 20 dias e morto por policiais na manhã de segunda-feira (28), estava preparado para passar vários dias na mata. A mochila que ele carregava era equipada com munição, dinheiro, comida e até remédios como antibióticos e analgésicos.

> 5 perguntas sem respostas sobre o caso Lázaro Barbosa; polícia segue investigações

> Acesse para receber notícias de Santa Catarina por WhatsApp

Na bolsa foram encontrados um coldre de arma de fogo, uma faca, munições, um carregador de pistola, liga de borracha e fita plástica. As roupas que ele carregava eram uma jaqueta camuflada, uma balaclava (tipo de touca que cobre o rosto) e luvas de pano, segundo informações do Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Além disso, ele possuía remédios como amoxilina (antibiótico) e naproxen (analgésico). As comidas eram bolachas, macarrão instantâneo, tempero pronto e uma cebola. Também foram encontrados R$ 4,4 mil em espécie na bolsa, além de um isqueiro e um frasco com óleo.

As duas armas de fogo foram achadas ao lado do corpo. Eram uma pistola com todas as munições descarregadas e um revólver com seis munições deflagradas.

> Neve em SC no meio da tarde surpreende turistas: "Lindo e emocionante"

Lázaro foi descrito em laudo psicológico como "psicopata"
Lázaro foi descrito em laudo psicológico como "psicopata"
(Foto: )

Relembre

Lázaro estava foragido há 20 dias, suspeito de assassinar quatro pessoas da mesma família, matar um caseiro, sequestrar outras três vítimas para um ritual e trocar tiros com a polícia em pelo menos três ocasiões.

Descrito como um psicopata pelo secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, Lázaro usou um esconderijo no povoado de Edilândia, no município de Cocalzinho de Goiás, onde deixou uma carta escrita à mão, com caneta vermelha, onde dizia que "há outras forças agindo neste mundo além da vontade do mal".

A caçada por repercutiu por todo o país. Já preso em outras ocasiões, o serial killer foi descrito em laudo psicológico como "psicopata", com "comportamento impulsivo, agressivo, instabilidade e dependência emocional, preocupações sexuais e falta de controle e equilíbrio".

> Saiba quais animais Lázaro Barbosa já comeu na mata durante a fuga

A última residência do foragido fica na cidade de Cocalzinho de Goiás, que tem cerca de 18 mil habitantes. No local a polícia encontrou itens e desenhos que indicam rituais de magia negra.

Desde que cometeu o primeiro crime, aos 20 anos de idade, Lázaro chegou a ser preso três vezes, e fugiu em todas as ocasiões. Na lista de crimes se encontram assassinatos, estupros, sequestros, roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Veja também

Jovem mata três crianças e duas funcionárias em creche de SC

Jovem mata três crianças e duas funcionárias em creche de SC

* Sob supervisão de Augusto Ittner

Colunistas