nsc
dc

Pandemia

SC registra semana com maior número de mortes por Covid-19 desde março

Das 29 mortes da última semana, 27 eram idosos segundo o Painel do Coronavírus do NSC Total

08/06/2022 - 06h11 - Atualizada em: 08/06/2022 - 08h07

Compartilhe

Luana
Por Luana Amorim
Ao menos 21 cidades registraram mortes em decorrência da Covid-19 na última semana
Ao menos 21 cidades registraram mortes em decorrência da Covid-19 na última semana
(Foto: )

Santa Catarina terminou a última semana com o maior número de mortes por Covid-19 em dois meses. De acordo com o Painel do Coronavírus do NSC Total, entre 29 de maio e 4 de junho, foram 29 óbitos pela doença — o Estado não registrava esse patamar desde a semana de 13 a 19 de março, quando foram 52 vítimas. 

Receba notícias do DC via Telegram

Das 29 mortes, 27 foram de pessoas com mais de 60 anos, conforme o Painel. A vítima mais velha tinha 98 anos e morreu em Florianópolis em 1º de junho. Já a mais nova tinha 41 anos, era de Saudades, no Oeste do Estado, e morreu em 31 de maio. 

> Um em cada quatro municípios está em alerta máximo para Covid-19 em SC; veja lista

Ao menos 21 cidades registraram mortes em decorrência da Covid-19 na última semana — o que representa 7,11% do território catarinense. Criciúma, no Sul do Estado, foi a que teve a maior quantidade, com cinco óbitos. 

Em maio, Santa Catarina teve 76 mortes em decorrência da Covid-19 — 14 a mais do que em abril, segundo o Painel do Coronavírus. 

Já em junho, em sete dias, já são 22 mortes — só nesta terça-feira (7) a Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou 14 óbitos, isso não significa que todos morreram na mesma data, já que dentro das mortes anunciadas pode haver dados represados. 

SC tem estabilidade nos casos ativos 

Depois de alta nos casos ativos de Covid-19 nas últimas semanas, os números têm se estabilizado nesta semana. Conforme o Painel do Coronavírus, nesta terça-feira, 12.448 pessoas ainda estavam em tratamento da doença. A quantidade é 1,62% menor do que a uma semana atrás, quando o Estado tinha 12.653 casos. 

Atualmente, 261 municípios têm casos ativos da doença. Joinville, no Norte do Estado, é a cidade com maior número de infectados. A cidade tem 1.742 pacientes, o que representa 13,99% dos casos em Santa Catarina. Em seguida vêm Florianópolis, com 1.726, e Chapecó, com 757. 

Desde o início da pandemia, 1.753.654 casos foram confirmados em Santa Catarina, sendo que 1.719.317 já estão recuperados. 

> Faltam pediatras na rede pública em SC; entenda

UTIs pediátricas seguem lotadas 

Outro dado que chama atenção é a lotação das UTIs. Nesta terça-feira, por exemplo, Santa Catarina não tinha nenhum leito disponível de UTI pediátrica: todas as 96 vagas estavam ocupadas, de acordo com o Painel de Leitos da SES. 

Entre os pacientes, apenas três estavam internados em decorrência da Covid-19. 

Em relação às UTIs neonatal, a taxa de ocupação é de 95,48%, com apenas oito leitos disponíveis: um na Serra e Meio Oeste, cinco no Norte e Nordeste, um na Grande Florianópolis e um no Sul. 

Mapa mostra a taxa de ocupação em Santa Catarina nas UTIs pediátricas
Mapa mostra a taxa de ocupação em Santa Catarina nas UTIs pediátricas
(Foto: )

O governo estadual chegou a anunciar a implantação de mais de 68 leitos para suprir a demanda. Porém, como trouxe o colunista do NSC Total Renato Igor, Santa Catarina não irá atingir a quantidade necessária no momento, de acordo com um levantamento da LifesHub, empresa de tecnologia em Saúde, sediada em Florianópolis. 

Isto porque, com as novas vagas, o Estado terá 312 unidades de internação, enquanto recomendado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) é de 373 vagas. 

Leia também: 

Variante XQ da Covid-19: tudo que você precisa saber sobre

Cidades no Norte de SC estão na mira da PF por supostos desvios de verbas para a saúde

Colunistas