nsc
    dc

    Pandemia

    SC tem mais de 1,7 mil profissionais de enfermagem afastados por conta do coronavírus

    Dados foram divulgados nesta terça-feira pela presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-SC)

    28/07/2020 - 06h49 - Atualizada em: 28/07/2020 - 09h49

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Profissionais de enfermagem
    Dos 1,7 mil afastados, 365 já tiveram o diagnóstico de Covid-19 confirmado
    (Foto: )

    Mais de 1,7 mil profissionais de enfermagem estão afastados do trabalho em Santa Catarina por conta do novo coronavírus. Os dados foram divulgados na manhã desta terça-feira (28) pela presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-SC), Helga Bresciani, em entrevista ao Bom Dia Santa Catarina, da NSC TV.

    > Enquanto país registra queda na taxa de letalidade por coronavírus, SC tem alta pelo 17º dia consecutivo

    Conforme Helga, no momento 1.752 profissionais entre enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem precisaram se afastar das funções e estão em isolamento. Desses, 365 já tiveram o diagnóstico de Covid-19 confirmado. O restante segue como casos suspeitos. Quatro profissionais já morreram pela doença no Estado.

    Na entrevista, a presidente do Coren-SC disse que as regiões de Itajaí, no Vale, e Joinville, no Norte catarinense, são as que mais preocupam. Os quatro óbitos registrados até o momento ocorreram nessas duas regiões.

    Helga também falou sobre a preocupação com a segurança dos profissionais, e afirmou que o conselho tem atuado para garantir que os hospitais forneçam os equipamentos de proteção individual adequados. Ela disse que houve uma melhora nesse sentido em relação ao início da pandemia, mas que “as denúncias sobre a qualidade dos equipamentos continuam”.

    A presidente do Coren-SC também afirmou que outra preocupação da entidade é em relação ao impacto do afastamento dos profissionais no atendimento de saúde, já que a demanda por leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) tem aumentado.

    > Coronavírus: 40% das mortes registradas em SC ocorreram nas últimas duas semanas

    — Isso nos assusta muito. Antes da pandemia a gente já tinha um problema sério de dimensionamento nas instituições. Já não era adequado. Agora, com a Covid, isso está se agravando (...) A gente já encaminhou ofício para todos os gestores do Estado dizendo da nossa preocupação e da necessidade de aumentar o número de profissionais nessas instituições.

    As últimas semanas foram de aceleração da pandemia em Santa Catarina, que já soma 924 mortes pela Covid-19. São 70.138 casos confirmados da doença. Nove regiões do Estado estão em situação de risco gravíssima , conforme o governo catarinense. A classificação leva em conta números de aumento de casos e óbitos, taxa de ocupação de UTIs e índice de isolamento social.

    Leia também

    Em ação judicial, Defensoria Pública tenta lockdown em Joinville por causa do coronavírus

    Painel do Coronavírus: veja em mapas e gráficos a evolução dos casos em SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas