nsc

    Imunização

    Secretaria de Saúde estuda nova distribuição de vacinas em SC nesta terça-feira

    Carmen Zanotto disse que os técnicos passaram esta segunda fazendo cálculos

    05/04/2021 - 17h41

    Compartilhe

    Raphael
    Por Raphael Faraco
    Mateus
    Por Mateus Boaventura
    Secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto
    Secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto
    (Foto: )

    Depois do corte na previsão de fornecimento de vacinas contra a Covid-19 pelo Ministério da Saúde e a queda no ritmo de vacinação em Santa Catarina, a Secretaria de Saúde busca no próprio estoque uma forma de distribuir mais imunizantes nesta terça-feira (06). Em entrevista ao CBN Hub, a secretária Carmen Zanotto disse que os técnicos passaram esta segunda fazendo cálculos.

    > Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

    — Vamos continuar fazendo cálculos e nesta terça de manhã temos uma reunião com o Conselho Nacional de Secretários Municipais de saúde, secretários de Estado, Ministério da Saúde, Instituto Butantan e Fiocruz — contou.

    > "Enquanto a dor não chega, isso vai continuar", lamenta médica sobre festas em SC no feriadão

    Sem revelar a quantia, Zanotto falou que a remessa não será grande, porém vai ser destinada à primeira aplicação.

    — A gente tem todas as possibilidades de, no início da tarde desta terça, estar pactuando com os secretários municipais mais um envio, que não será grande, mas a gente pelo menos mantém pessoas sendo vacinadas com a primeira dose — disse.

    Ainda segunda a secretária, há uma diferença no sistema do Ministério da Saúde no número de doses aplicadas em algumas cidades de Santa Catarina: "Está muito aquém daquilo que o município já vacinou". Ouça:

    Leia também

    > Vídeo flagra festa ao lado da base do Samu na Grande Florianópolis​

    > Farra do boi em SC: ocorrências têm queda de 89% na Páscoa

    > Fiscalização interdita beach clubs que descumprem restrições contra Covid-19 em Florianópolis

    > Invasão, drogas e perturbação; sete festas clandestinas são encerradas no feriadão em Balneário Camboriú

    Colunistas