nsc
dc

Tempo

Serra de SC tem amanhecer de -4°C neste domingo; turistas aproveitam onda de frio

Visitantes pularam cedo da cama para curtir, bem agasalhados, as temperaturas negativas em locais como o Morro das Antenas, em Urupema

18/07/2021 - 09h37 - Atualizada em: 20/07/2021 - 17h32

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Urupema, na Serra de SC, registrou -4°C no amanhecer deste domingo
Urupema, na Serra de SC, registrou -4°C no amanhecer deste domingo
(Foto: )

As primeiras horas do domingo (18) foram de frio intenso e vento forte na Serra Catarinense. Urupema, a 50 quilômetros de Lages, teve a temperatura mais baixa do Estado, com -4,36°C, segundo dados da estação da Epagri/Ciram no Morro das Antenas, ponto mais alto do município com 1.725 metros de altitude. Outras cidades da região também tiveram temperaturas negativas, como Bom Jardim da Serra (-4°C), São Joaquim (-2,62°C), Urubici (-1,56°C) e Painel (-1,01°).

A sensação térmica no Morro das Antenas, em Urupema, que considera também a influência o vento, chegou a -15°C, segundo o meteorologista da NSC, Leandro Puchalski.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Fenômenos sempre aguardados como a geada ou até a neve não vieram nos principais pontos de Urupema, como o Centro e o Morro das Antenas. A previsão é de que a segunda e a terça tenham condição mais favorável para ocorrência de geada. Mas isso não esfriou o ânimo dos turistas, que mesmo assim acordaram cedo para visitar os pontos mais frios da cidade.

João Batista dos Santos, de São José, pulou cedo da cama para passear por alguns pontos de Urupema por volta das 6h. De moto, "curtindo" ainda mais o clima frio. A primeira parada foi o relógio da praça do Centro, até então marcando -1°C.

Casaco, jaqueta corta-vento, luva, touca de ursinho, cachecol – tudo isso virou item de primeira necessidade no topo do Morro das Antenas no amanhecer deste domingo. Até as questionadas máscaras, necessárias em tempos de pandemia, por alguns momentos pareceram mais simpáticas por protegerem o rosto do vento. 

> Chegada de onda de frio em SC movimenta pontos turísticos da Serra Catarinense

Os mais planejados desfilavam bem menos encolhidos envoltos em cobertas ou mantas de oncinha. Tudo para reforçar o quanto fosse possível o “fardamento” contra o frio raiz da Serra de SC.

Mirante do Morro das Antenas, em Urupema, teve visitantes desde a madrugada para curtir o frio
Mirante do Morro das Antenas, em Urupema, teve visitantes desde a madrugada para curtir o frio e a vista
(Foto: )

Quem precisava expor as mãos ao vento para ativar as telas dos celulares e garantir as fotos da paisagem, do nascer do sol ou dos amigos reunidos, rapidamente as colocava de volta ao aconchego das luvas assim que possível. Quando o vento apertava, o carro também servia de abrigo. E também de local para conversar, dar risadas com aquele parente que gosta de animar o rolê.

> SC tem alerta para frio intenso e rajadas de vento de até 100 km/h

-4°C, fora o vento

O termômetro instalado no mirante de dois andares que ocupa o topo do Morro das Antenas já indicava os -4°C de temperatura, mas o vento forte, que chegou a 70 quilômetros por hora segundo a Epagri/Ciram, aumentava a sensação de frio. Pouco depois das 7h, quando sol finalmente apareceu por trás dos morros que cercam quase todo o horizonte do topo, um pequeno grupo se concentrou para apreciar e, novamente, registrar tudo no celular.

A maior parte dos carros começou a chega ao topo do morro ainda entre 5h e 6h. Percorriam um acesso de estrada de chão para ver de perto o frio – e também espionar alguma possibilidade de geada. Guilherme Vieira, 28 anos, de Florianópolis, se antecipou. Foi de carro ainda de madrugada para o alto do Morro das Antenas. Estacionou o veículo quando ainda era 1h30min, calçou bem os pneus e dormiu no carro à espera do amanhecer. Por volta das 7h, armou cadeira, touca e se enrolou em um cobertor para apreciar de camarote o nascer do sol em meio ao frio da temperatura negativa.

– É a terceira vez eu venho, mas a primeira que durmo aqui. Gostei da experiência. Eu volto, só não sei se ela também vai querer – brincou o morador, apontando para a companheira, que como outros turistas preferiu ver a paisagem protegida do vento no interior do carro.

Guilherme assistiu ao nascer do sol a partir do topo do Morro das Antenas - bem protegido do frio
Guilherme assistiu ao nascer do sol a partir do topo do Morro das Antenas - bem protegido do frio
(Foto: )

> Puchalski: Fim de semana terá sol e entrada de ar polar

Turismo regional de SC

A promessa de frio intenso na Serra atraiu também moradores de outras regiões de SC, um perfil já característico do turismo na Serra. Edenilson Gean Lohnann, 43 anos, e o sobrinho Jeferson Oliveira da Silva, 29, foram com as esposas de Joinville para passar o fim de semana na Serra. Depois de aproveitar as atrações de São Joaquim e Urubici na sexta e no sábado, levantaram cedinho no domingo para apreciar o visual do nascer do sol do alto do Morro das Antenas.

– Nunca tinha passado um frio assim. Com todo esse vento, a geada não veio, mas mesmo assim é um visual muito bonito – contou.

Turistas foram cedo para acompanhar o frio de -4ºC e o visual do Morro das Antenas
Turistas foram cedo para acompanhar o frio de -4ºC e o visual do Morro das Antenas
(Foto: )

Depois de um inverno menos rigoroso que o normal em 2020, a Serra de SC volta a desfrutar de um inverno com frio real oficial. No final de junho, a região voltou a ser destaque pela ocorrência da neve. Nos próximos dias, deve novamente virar palco de paisagens congelantes com a onda de frio que chega a SC a partir deste domingo. Uma condição que sempre soa como convite para quem não dispensa os passeios pelas paisagens de araucárias, morros, vales e cânions da Serra de SC.

Veja mais fotos

frio na Serra de SC
Turista curte o amanhecer gelado na Serra de Santa Catarina
(Foto: )
frio na Serra de SC
Registro da paisagem encantadora no amanhecer da Serra de SC
(Foto: )
Morro da Antenas, Urupema
No Morro das Antenas, em Urupema, termômetros registraram -4ºC na manhã deste domingo
(Foto: )

Leia também

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Colunistas