nsc
    dc

    Data especial

    Tech SC na NSC TV faz um ano: “A grande sacada é não ter medo de mudar”

    Em um ano de vida, foram 480 empreendedores do ecossistema catarinense apresentados e mais de 200 startups ganharam espaço na telinha

    19/12/2020 - 14h00

    Compartilhe

    Por Tech SC
    Rúbia Laidens, apresentadora do programa Tech SC
    Rúbia Laidens, apresentadora do programa Tech SC
    (Foto: )

    O programa Tech SC, que vai ao ar todos os domingos, por volta das 7h da manhã, na NSC TV, está completando aniversário. Em um ano de vida, foram 480 empreendedores do ecossistema catarinense apresentados e mais de 200 startups ganharam espaço na telinha – aliás, o Tech SC também está no Globoplay (e aí nem precisa madrugar nos finais de semana!).

    > Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

    > 2020: um ano de desafios e superação para o setor de tecnologia catarinense

    Comandado por Rúbia Laidens, o programa se mostrou um grande palco para mostrar a vocação inovadora e empreendedora de todos os catarinenses – seja os de nascimento ou os de coração, como a própria Rúbia, que é gaúcha mas já foi adotada por Floripa. E como foi essa viagem com o Tech SC? Confira na conversa com a apresentadora:

    Como foi trabalhar de perto com o ecossistema startup e Tech de SC ao longo desse ano?

    É uma experiência muito rica e um oportunidade única de comprovar que o nosso Estado tem muitas mentes brilhantes e empreendedores que realmente se preocupam com o próximo, em oferecer produtos e serviços que levem, além de praticidade, mais qualidade de vida, economia de tempo e dinheiro aos usuários.

    Alguma história te emocionou mais?

    A cada novo programa me apaixono mais pelo setor de inovação. Mas o tema saúde sempre me toca mais por lidarmos com vidas. A solução criada pela Vívida, que trouxe uma tecnologia de fora, um teste genético, e agregou uma plataforma desenvolvida em Santa Catarina, para mostrar as chances que a mulher tem de desenvolver um tumor nos seios é fantástica. Tem também uma empresa de Lages que marcou: ela transforma o vidro em areia para quadras esportivas.

    > Conheça os termos mais buscados no Google em 2020

    A partir do que ouviu, qual a dica para startups crescerem em SC?

    Acho que a grande sacada é não ter medo de mudar. Pivotar é tão importante quanto vender. Não tem nada de errado ou vergonhoso nisso. Outro ponto é o pós-venda. A experiência do cliente precisa ser mantida, não somente até a compra. A marca precisa ser lembrada para que exista a procura novamente. E por último, a comunicação. Quem é mais técnico, às vezes não acredita no poder da divulgação. Os empreendedores precisam visualizar que a comunicação através dos meios de comunicação vai mostrar com mais clareza o valor do produto e torná-lo conhecido para uma grande massa. Tem muita coisa boa por aí escondida, infelizmente.

    Quais os planos do Tech SC para 2021?

    Um dos objetivos é chegar até as rádios e buscar um espaço maior pra falar sobre o universo tech em Santa Catarina. 2020 veio pra mostrar que estamos no caminho certo: não dá mais pra olhar pra tecnologia e inovação como algo do futuro!

    > Conheça iniciativas catarinenses que envolvem a tecnologia para vencer a pandemia

    > Tecnologia impulsiona a retomada econômica no pós-crise

    Jornalismo digital da NSC ganha reforço

    Sejam bem-vindas ao time NSC! Três repórteres estrearam no digital da NSC nas últimas semanas. As repórteres Catarina Duarte, Ana Carolina Fernandes e Caroline Borges passam a integrar os times de Diário Catarinense e G1 SC, respectivamente. E o reforço vem em excelente hora: afinal, após a reta final das eleições municipais, Santa Catarina vive um momento muito difícil da pandemia do novo coronavírus, com UTIs lotadas e indicadores apontando para uma situação gravíssima. 

    > Reportagem especial Cartas na Pandemia é reconhecida no Prêmio de Direitos Humanos de Jornalismo

    Ana Carol é de Floripa, formada em Jornalismo pela UFSC, faz pós-graduação em direitos humanos, responsabilidade social e cidadania global na PUC/RS e fez um intercâmbio de dois anos na França. Tem passagem por outros veículos do estado, sempre com foco em TV. “Chegar no G1 em um momento em que tantas coisas acontecem em SC e no mundo é uma experiência. Me sinto muito privilegiada por estar imersa em um jornalismo que sempre sonhei em fazer parte”.

    Catarina Duarte é a mais nova da equipe. Formada pela UFSC, tem experiência cobrindo cultura, direitos humanos e saúde. É autora do livro “Guia de Receitas Manezinhas”, vencedor do Prêmio Elisabete Anderle. “Trabalhar com jornalismo num local que oferece diversas plataformas para veiculação de matérias é incrível. É uma oportunidade para produzir e participar de projetos que estão tanto na TV, quanto no site e também na revista semanal. Assim é possível levar o conteúdo para um público maior”.

    > Documentário "Cercados" registra luta dos jornalistas brasileiros contra a pandemia e o negacionismo

    Já Caroline Borges é formada em jornalista pela Estácio de Sá, e começou a carreira no Diário Catarinense – de onde saiu para um intercâmbio na Irlanda. Retornou a SC e seguiu cobrindo Floripa. Agora, em 2020, retorna à NSC, agora no G1 SC. “Percebo a cada dia que a informação e o jornalismo de qualidade são capazes de transformar. Os desafios são constantes, mas o senso de responsabilidade e cuidado com a notícia que a equipe tem me motivam estar aqui”, diz Carol.

    Três repórteres estrearam no digital da NSC nas últimas semanas
    Três repórteres estrearam no digital da NSC nas últimas semanas
    (Foto: )

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas