nsc
    dc

    Assalto em Criciúma

    Vídeo mostra atendimento a policial ferido durante assalto a banco em Criciúma

    Jeferson Luiz Esmeraldino foi baleado por criminosos que sitiaram o centro do município para roubar um banco na madrugada de 1º de dezembro

    12/12/2020 - 14h40 - Atualizada em: 13/12/2020 - 07h39

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação DC
    jeferson-luiz-esmeraldino-pm-baledo-assalto-banco-criciuma
    Policial segue internado na UTI do Hospital São João Batista, em Criciúma
    (Foto: )

    Um vídeo compartilhado nas redes sociais registra o atendimento dos policiais ao soldado Jeferson Luiz Esmeraldino, baleado com um tiro de fuzil após uma troca de tiros com os criminosos que sitiaram Criciúma. Esmeraldino segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São João Batista. 

    As imagens foram publicadas na quinta-feira (10) pelo 1º tenente da Polícia Militar de Santa Catarina, Nícolas Vasconcelos Marques. Em um primeiro momento, dois policiais carregam Esmeraldino já ferido até uma calçada. Na sequência, um policial presta os primeiros socorros ao soldado e, logo depois, é ajudado por outros colegas. O vídeo termina neste ponto. 

    > "Um policial fora da curva e um pai exemplar", diz colega sobre PM baleado em assalto em Criciúma

    Esmeraldino foi atingido por disparos na região do abdômen enquanto se deslocava para a ocorrência na madrugada. A troca de tiros aconteceu quando a viatura encontrou um dos veículos dos criminosos próximo a um shopping do município. 

    Confira o vídeo do atendimento ao policial ferido:

    Natural de Tubarão, o soldado atuava desde 2016 na Polícia Militar, no 9º Batalhão de Polícia Militar de Criciúma. 

    Em entrevista à CBN Diário, o diretor da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), Luís Felipe Fuentes, disse que o crime contou com a participação de 50 pessoas. O grupo teria se dividido entre os que atuaram na logística e os que de fato estiveram no assalto. 

    Até quarta-feira (9), 14 pessoas foram presas por suspeita de participação no assalto. A estimativa da polícia é que os criminosos tenham roubado R$ 80 milhões

    Leia mais: 

    Como e por que Santa Catarina virou alvo de grandes crimes

    Testemunhas do maior assalto a banco da história de SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas