nsc
    nsc

    Nutrição

    A importância da alimentação saudável na terceira idade

    Compartilhe

    Carol
    Por Carol Bandeira
    26/10/2020 - 07h00
    Nutrientes como o cálcio, vitamina D, proteínas, vitamina B12 e zinco não podem faltar no cardápio
    Nutrientes como o cálcio, vitamina D, proteínas, vitamina B12 e zinco não podem faltar no cardápio (Foto: Banco de imagens)

    Hoje vou falar de um assunto muito importante que é a alimentação na terceira idade. Para termos uma boa longevidade e chegarmos nessa fase da vida com qualidade, precisamos cuidar da saúde desde o início da vida, já que a terceira idade será apenas um reflexo dos nossos comportamentos ao longo da vida.

    > Memória afetiva e gastronômica: "o cheirinho da comida de vó" explicado pela psicogenealogia

    Além disso, com o passar do tempo as necessidades do nosso corpo vão sofrendo algumas mudanças e são necessários mais cuidados, já que nessa fase o nosso organismo apresenta mais dificuldade para absorver os nutrientes, que são muito importantes para o bom funcionamento do nosso organismo. A carência deles pode contribuir para algumas doenças como, por exemplo, osteoporose.

    > Açúcar da fruta é bom ou ruim?

    Pensando nisso, resolvi trazer algumas dicas muito importantes, visando uma maior disposição, energia e qualidade de vida.

    Nutrientes como o cálcio, vitamina D, proteínas, vitamina B12 e zinco não podem faltar no cardápio, por isso, inclua na sua alimentação. Anota as dicas para garantir todos os nutrientes essenciais no seu prato:

    :: Leite, queijo branco e iogurte natural, são boas fontes de cálcio.

    :: Vegetais verdes escuros como couve e brócolis.

    :: Frutas, principalmente as cítricas como laranja e abacaxi, ajudam a melhorar a imunidade.

    :: Oleaginosas como castanhas e nozes ajudam a proteger o coração. Duas unidades ao dia é o suficiente.

    > Hábitos alimentares e tecnologia

    :: Cereais integrais como pão integral, arroz integral, macarrão de sêmola integral são ótimas opções para dar energia e não elevar o índice glicêmico.

    :: Farelo de aveia ou aveia tem em sua composição B-glucana, que auxilia no controle da glicose e na redução do colesterol. Substitua a farinha de trigo branca por essas opções.

    :: Peixe como salmão é recomendado consumir um filé médio, 1 a 2 vezes na semana, rico em ômega 3 ele ajuda a manter a saúde em dia na terceira idade, pois atua como anti-inflamatório reduzindo e tratando várias doenças. A chia também é uma boa fonte de ômega 3 e pode ser adicionada nas preparações.

    :: Verduras e legumes no vapor ou cozidas ajudam e facilitam muito na mastigação.

    Lembre-se também de:

    - Praticar atividade física.

    - Beber água.

    - Tomar aquele solzinho da manhã para cobrir as necessidades de vitamina D e auxiliar na absorção do cálcio.

    - Comer mais vezes e em menor quantidade para ajudar na digestão, fracionando de 5 a 6 refeições por dia.

    Leia também:

    > Veja 10 lugares em Santa Catarina para conhecer e desfrutar da gastronomia

    > 10 aplicativos para cuidar da saúde física e mental

    > Conheça cinco alimentos que previnem o câncer de intestino

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas