nsc
nsc

Política

Carla Zambelli divulga telefone pessoal de deputados de SC para pressionar pelo impeachment

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
07/05/2021 - 08h40 - Atualizada em: 07/05/2021 - 08h48
Carla Zambelli divulgou telefones de deputados de SC nas redes sociais
Carla Zambelli divulgou telefones de deputados de SC nas redes sociais (Foto: Reprodução, Instagram)

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) publicou nas redes sociais, na madrugada desta sexta-feira (7), os telefones pessoais dos cinco parlamentares catarinenses que fazem parte do Tribunal de Julgamento do Impeachment. Próxima à governadora interina, Daniela Reinehr, Zambelli pressiona pelo afastamento definitivo do governador Carlos Moisés (PSL).

> Votos dos desembargadores podem trazer ‘elemento surpresa’ ao julgamento do impeachment

“ATENÇÃO! HOJE, sex 07/05, será o julgamento DEFINITIVO do impeachment de Carlos Moisés - caso dos R$ 33 milhões gastos na “compra” de 220 respiradores de empresa fantasma. Catarinenses, cobrem seus Deputados por Justiça: ou defendem o POVO ou o ROUBO”, escreveu a deputada.

Publicação de Zambelli no Twitter
Publicação de Zambelli no Twitter
(Foto: )

No início da manhã, antes do início do julgamento, as caixas de mensagens dos parlamentares já estavam inundadas de ‘recados’. Boa parte dessas mensagens sequer eram de Santa Catarina – os números tinham prefixo 011, que corresponde à cidade de São Paulo.

> Justiça nega segundo pedido de deputado para suspender impeachment

A publicação de Carla Zambelli traz contatos de Laercio Schuster (PSB), Fabiano da Luz (PT), Marcos Vieira (PSDB), Valdir Cobalchini (MDB) e Milton Scheffer (PP). Pelo menos um telefone, o de Marcos Vieira, foi publicado errado – o que indica que algum outro catarinense será incomodado pelo celular, graças à ação da deputada bolsonarista.

> PT escolhe lado na batalha de bolsonaristas de SC

Logo no início da sessão do Tribunal de Julgamento, o deputado Marcos Vieira apresentou um desagravo contra Zambelli. A coluna apurou que não se descarta a possibilidade de que a Alesc aja para pedir responsabilização da deputada. já que a divulgação pública de dados pessoais, sem autorização, é crime.

Fontes ouvidas pela coluna indicaram que a divulgação dos telefones privados dos parlamentes pode, inclusive, configurar quebra de decoro da deputada no Congresso Nacional. 

> “A ala bolsonarista está muito feliz”, diz deputada Carla Zambelli sobre Daniela no governo de SC

A manobra de Zambelli para pressionar os deputados é o ápice do jogo pouco republicano que tomou conta da política de Santa Catarina ao longo do processo de impeachment. A deputada expôs publicamente o que vem ocorrendo nos bastidores.

A julgar pela reação dos deputados, a ‘pressão’ pode ter efeito contrário e, ao invés de ‘virar votos’, piorar o relacionamento de Daniela Reinehr com o parlamento.

Leia também:

> Conselho do MP admite que defesa de Moisés não teve acesso ao inquérito dos respiradores

Em ataque a creche de SC, professoras trancaram crianças na sala de aula para evitar mais mortes

​Morte de Paulo Gustavo: O Brasil perdeu a graça

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas