nsc
nsc

Política

CPI quer saber se MPSC investigou Hang por divulgação de remédios ineficazes contra Covid

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
18/10/2021 - 14h34 - Atualizada em: 18/10/2021 - 15h46
Luciano Hang prestou depoimento à CPI da Covid no Senado
Luciano Hang prestou depoimento à CPI da Covid no Senado (Foto: Divulgação, Senado Federal)

A CPI da Covid, que terá o relatório final lido nesta quarta-feira (20), requisitou ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) cópias de inquéritos e investigações, concluídas ou em andamento, que envolvam o empresário Luciano Hang. O documento pede ações que façam referência a "recomendação ou distribuição de medicamentos ineficazes" contra Covid-19, ou divulgação de informações falsas sobre a doença.

Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

A justificativa afirma que Hang “atuou na disseminação de informações falsas a respeito da pandemia de Covid-19, por meio de suas redes sociais e de suas lojas”, e que recomendou “reiteradas vezes”, o uso de medicamentos comprovadamente ineficazes. O empresário é defensor do chamado tratamento precoce, que inclui remédios como cloroquina e ivermectina. “As aludidas medicações, conforme apurações desta CPI, foram distribuídas indiscriminadamente à população, inclusive por operadora de plano de saúde apoiada pelo referido empresário”, afirma o documento emitido pela Comissão.

Luciano Hang processa senadores da CPI da Covid

A coluna apurou que o Ministério Público encaminhou resposta à CPI da Covid assim que recebeu o pedido de informações. Essa resposta, no entanto, não foi disponibilizada entre os documentos publicados pela Comissão e o MPSC não se manifestou publicamente a respeito.

A CPI também requisitou ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), esclarecimentos e cópias de “apurações realizadas ou em andamento contra eventual omissão por parte do Ministério Público de Santa Catarina”.

Vídeo no TikTok erra ao relacionar arranha-céu de Balneário Camboriú e Luciano Hang

Prédio mais alto da América do Sul tem Neymar, Luan Santana e números recordes em Balneário Camboriú

Luciano Hang prestou depoimento à CPI da Covid no dia 29 de setembro. Informações vazadas na última sexta-feira (15) dão conta de que o empresário catarinense é citado no relatório final, que ainda será apresentado. 

Ele se manifestou por meio de nota, em que afirma que a Comissão teve viés político. “Estou agradecido e honrado por ter participado da CPI. Tive a oportunidade de explicar aos brasileiros o que eu e a Havan fizemos durante a pandemia. Sobre o relatório mencionar o meu nome, não esperava nada diferente, pois trata-se de uma comissão política amparada em narrativas e não em fatos. Tenho certeza que a verdade irá prevalecer. Quem não deve, não teme”.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia também

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer​​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid​​

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas